Unitau abre licitação para reforma de laboratórios de apicultura e leite

Os laboratórios de qualidade do mel, sementes, solo e bromatologia da Unitau devem passar por reformas que beneficiarão os produtores da região que fazem parte dos APLs (Arranjos Produtivos Locais) de apicultura e leite. A Unitau abriu licitação para compra de equipamentos e contratação de construtora para reforma e ampliação dos laboratórios. Com a iniciativa, surgem novas perspectivas para as pesquisas regionais com produtores ligados à Coapvale (Cooperativa Agropecuária do Vale do Paraíba) e à Comevap (Cooperativa de Laticínios do Médio Vale do Paraíba).

 

Mais informações sobre a licitação podem ser obtidas no link  http://www.unitau.br/licitacoes

 

Para o consultor em agronegócios do Sebrae-SP, Jardel José Busarello, o apoio da SDECT (Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia) e dos demais parceiros – neste caso, a Unitau -, é fundamental para o agronegócio regional.

 

“São ações como essas – nas quais se unem esforços e recursos econômicos e financeiros entre entidades com um mesmo foco – que nos mostram a força do associativismo, inclusive entre as instituições. Os laboratórios mais amplos e modernos trarão um diferencial a todos os produtores envolvidos”, ressaltou.

 

APLs Leite e Derivados e Apicultura Sustentável

A Região Metropolitana do Vale do Paraíba conta com os primeiros APLs rurais do estado de São Paulo. Ambos são formados por entidades parceiras que realizam o monitoramento e a gestão compartilhada dos projetos.

 

Os grupos gestores são formados por representantes da cooperativa de lácteos Comevap, Cati (Coordenadoria de Assistência Técnica Integral), Coordenadoria de Defesa Agropecuária do Estado, Fibria Celulose, Prefeitura de Taubaté, Sindicato Rural de Taubaté, Sebrae-SP e Universidade de Taubaté (Departamento de Ciências Agrárias – DCA/Unitau).

 

O Sebrae-SP atua nos APLs – que reúnem cerca de 680 produtores distribuídos em 11 municípios – com consultorias aos produtores rurais sobre gestão empresarial, qualidade do leite e mel, além de questões de regularização ambiental, e informações sobre acesso a mercado e promoção de missões empresariais e técnicas para conhecer trabalhos desenvolvidos em outras regiões.

 

Em 2014 também foram promovidos eventos que abordaram temas como a importância do pequeno produtor conhecer as políticas públicas – como a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), por exemplo – a sucessão familiar rural e a importância da mulher no agronegócio.

 

(Fonte: Sebrae)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!