Último leilão de transmissão de energia no ano tem 7 habilitados

 


O último leilão de transmissão de energia do ano, que será realizado na sexta-feira, tem sete proponentes aptas a participação, segundo informações divulgadas pela Comissão Especial de Licitação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta quinta-feira.

As proponentes habilitadas para disputar o leilão individualmente são Eletronorte, da Eletrobras, a espanhola Abengoa, Alupar, Lintran do Brasil, e Taesa, do grupo Cemig. Outros dois consórcios também estão habilitados – um formado por Elecnor e a paranaense Copel; e outro formado por Braxenergy e LT Bandeirante.

O leilão licitará quatro lotes em Minas Gerais, Rondônia, Maranhão e Ceará, com subestações e linhas que somam 466 quilômetros de extensão. Os empreendimentos no leilão devem demandar investimentos totais de R$ 359 milhões.

Para o leilão, a Receita Anual Permitida (RAP) máxima definida, à qual as empresas vencedoras terão direito por operar os empreendimentos, é de R$ 38,8 milhões. Vencem o leilão aqueles que apresentarem o menor valor de RAP por lote.

O leilão, que acontece na sexta-feira às 10 horas, na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) traz vários empreendimentos que não receberam ofertas em leilões anteriores. Esses projetos serão agora levados à licitação com algumas alterações que buscam aumentar o interesse nos lotes.

(Fonte: Terra)

 

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!