Trem do Corcovado: edital é publicado hoje, com atraso de 2 meses

Com atraso de dois meses, o novo edital de concessão do trenzinho do Corcovado será, enfim, publicado no Diário Oficial da União de hoje. O documento, base da nova licitação do sistema, prevista para ocorrer em 20 de outubro, estabelece que o novo concessionário deve investir cerca de R$ 80 milhões em obras nas estações e na modernização dos equipamentos até 2018. O operador também será obrigado a contratar, no mínimo, 30% dos funcionários nas comunidades do entorno e a criar programas de capacitação de mão de obra para atuação no turismo.

 

Os últimos meses foram marcados por uma queda de braço entre os conservacionistas, que defendem a geração de emprego e renda no Parque Nacional da Tijuca – por onde passa a Estrada de Ferro do Corcovado -, e os chamados preservacionistas, que acreditam que a visitação causa impactos nocivos ao meio ambiente e, portanto, não deve ser estimulada. Aparadas as arestas, o edital foi finalizado. Esta será a primeira licitação do trenzinho, cuja operação cabe à empresa Estrada de Ferro Corcovado (Esfeco) Administração Ltda desde 1984.

 

– Muitas empresas nos sondaram, participaram das audiências. Mas ainda não sabemos quantas efetivamente vão participar da concorrência. Vamos aguardar. A licitação abre espaço para investimentos inéditos – afirmou o chefe do Parque Nacional da Tijuca, Ernesto Viveiros de Castro, acrescentando que não está previsto aumento de tarifa (hoje R$ 50, incluindo a viagem no trem e o acesso ao parque).

 

A licitação, em 20 de outubro, está marcada para as 10h, no Auditório da Coordenação Regional do ICMBio, na Estrada Velha da Tijuca 77, Usina.

 

(Fonte: Yahoo Noticias)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!