TCU defende no Amapá maior uso da internet para otimizar licitações

05 de Novembro de 2016

O uso maior da internet para otimizar e agilizar licitações de prefeituras e governos é alvo de um encontro promovido pelo Tribunal de Contas da União (TCU) com gestores e técnicos na terça-feira (8) em Macapá. As discussões vão orientar as administrações sobre como evitar falhas nos processos e garantir uma concorrência mais ampla para a aquisição de serviços.

Para os gestores no Amapá serão apresentadas as práticas realizadas no país inteiro e que foram consideradas de excelência pelo TCU. A orientação principal é sobre a maior disponibilidade dos processos na internet, o que pode abrir maior quantidade de empresas interessadas, e com isso tornar mais transparente as licitações.

As falhas no serviço de internet são uma reclamação recorrente das prefeituras no Amapá, principalmente no interior, onde a oscilação da conexão em função das condições naturais e climáticas afetam diretamente o acesso a convênios e cadastros em programas federais.

“Vamos incentivar a licitação digital. Mesmo com esses problemas não dá para ir contra a corrente. Realmente é uma barreira muito complicada, mas esse é o caminho”, explicou Rafael Estefano Crispim, secretário substituto da Secretaria de Controle Externo do TCU (Secex).

O encontro destinado a gestores e técnicos das áreas de licitação acontece na Escola de Contas do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AP), localizada na Rua Mendonça Furtado, no Centro de Macapá. As discussões acontecem de 14h às 18h30 e podem ser acompanhadas pelo público.

 

Fonte: G1

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!