Supostas fraudes em licitações da Comurg serão apuradas em inquérito do MPGO

27 de Março de 2017

Supostas fraudes em licitações que resultaram em contratos celebrados entre a Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) e firmas pertencentes a um empresário e alguns de seus parentes — que atuariam como laranjas — serão apuradas pelo Ministério Público de Goiás (MPGO).  Segundo o órgão, há informações de que seis empresas nessas situação teriam assinado contratos com a Comurg, fornecendo materiais na quantidade incorreta.

O promotor Fernando Krebs quer saber se é prática comum no órgão municipal a assinatura pelo recebimento de materiais, sem que eles tenham sido recebidos, conforme denunciado. Inicialmente, ele requisitou à Comurg cópia de todos os contratos e pagamentos feitos às empresas citadas na representação. Após o recebimento, o promotor adianta que vai solicitar à Controladoria-Geral do Município e ao Tribunal de Contas do Município uma auditoria nesses documentos.

De acordo com o MPGO, também foi requerida à Delegacia Estadual de Repressão a Crimes contra a Administração Pública (Dercap) a instauração de inquérito policial para apurar possível prática do crime de corrupção ativa.

A assessoria de imprensa da Comurg foi procurada para comentar o caso na tarde desta segunda-feira (27), mas o órgão ainda não havia conhecimento do processo.

Fonte: Mais Goiás

 

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!