Selecionadas empresas para realizar duplicação da 290

Dois consórcios apresentaram as menores propostas para a duplicação dos lotes um e três, entre Eldorado e Pantano

Foram anunciadas nessa quarta-feira, 6, os dois consórcios de empresas que apresentaram as menores propostas para a duplicação dos lotes um e três da BR-290, trecho que liga Eldorado do Sul a Pantano Grande.

O lote um ficará sob responsabilidade do Bolognesi Conterra Magna, que garantiu realizar a obra por R$ 151 milhões. Já o lote três foi vencido pelo Trier Ctesa Prodec, ao valor de R$ 130,9 milhões.

A partir do anúncio, os consórcios têm até o próximo dia 11, segunda-feira, para apresentarem a documentação que vai avaliar as condições técnicas das construtoras. A avaliação é feita pela Comissão de Licitação do Departamento Nacional de Infraestrura de Transportes (Dnit).

O processo de licitação iniciou em maio, mas foi interrompido pela greve dos servidores do Dnit e só foi retomado em setembro. No início as ofertas feitas foram consideradas acima do esperado pela comissão.

Em maio, os lotes dois e quatro tiveram os consórcios definidos, já que as propostas atenderam as exigências. No lote dois as empresas Toniolo Busnello, Brasil e Etel se comprometeram a executar a obra no valor de R$ 172,5 milhões. O lote quatro foi ganho pelas empresas Equipav, CSL e Esteio, que se classificaram ao propor gastos de R$ 129 milhões. Neste caso, o Dnit ainda está avaliando a documentação.

LOTES

Lote 1: 29,70 quilômetros, do 112,3 ao 142;
Lote 2: 30,08 quilômetros, do 142 ao 172,08;
Lote 3: 27,03 quilômetros, do 172 ao 199,03;
Lote 4: 28,70 quilômetros, do 199,3 ao 228.

(Fonte: Gaz)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!