Seinf realiza licitações para reforma de 10 escolas em Macapá e Santana

A Comissão Permanente de Licitação (CPL) da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinf) realiza os processos licitatórios para reforma de 10 escolas em Macapá e Santana. Os certames já estão acontecendo e, após serem concluídos e homologados, as obras iniciarão imediatamente.

 

Os avisos de licitação foram publicados no Diário Oficial do Estado. As tomadas de preços estão sendo realizadas desde a última segunda-feira, 29, e vão até a próxima terça-feira, dia 7.

 

Na capital, as escolas que passarão por intervenções são: Colégio Amapaense, Professora Raimunda dos Passos Santos, Tiradentes, Professor Lauro de Carvalho Chaves e Dom José Maritano. Já em Santana, as escolas são as seguintes: José Ribamar Pestana, Professor Walcy Lobato Lima, Elizabete Picanço Esteves, Everaldo da Silva Vasconcelos e a Escola Estadual Vila Nova, está última na estrada Macapá/Jari.

 

Os serviços a serem executados são os mais distintos, com destaques para reparos nas instalações elétricas e hidráulicas (troca de fiação, lâmpadas, eliminação de vazamentos e colocação de novas torneiras). Na cobertura, onde houver avarias, serão feitos reparos nos forros e telhado.

 

Para concluir os trabalhos, a pintura de todos os blocos será feita com duas demãos de tinta e aplicação de massa acrílica onde for necessário.

 

A diretora da Escola Dom Maritano, no Novo Horizonte, Maria José, acompanhou o trabalho do processo de licitação nesta quinta-feira, 2. Uma das escolas, que aguardava com expectativa o início da reforma, era a Dom José Maritano.

 

“Com um ambiente confortável, funcionários e alunos se sentem mais valorizados. Lidamos com crianças carentes, e eles vão estudar em uma escola praticamente nova. Vai melhorar a alto estima, e garantir a cidadania deles”, afirmou a diretora.

 

A escola com 10 salas de aula será totalmente reformada em 60 dias ao custo de R$ 170 mil. Os trabalhos iniciam ainda neste mês, logo após a aprovação da Procuradoria Geral do Estado.

 

“Acompanhar o processo de licitação foi algo muito gratificante, pude constatar a transparência e a lisura de tudo. É uma demonstração de cuidado e respeito do Governo do Amapá para com a educação do Estado”, afirmou aliviada a diretora Maria José.

 

(Fonte: Amazonia)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!