Secretaria fará licitação para garantir manutenção contínua dos aparelhos de raio-X em Londrina

A Secretaria Municipal de Saúde estuda a abertura de uma licitação para manter uma empresa que faça o conserto imediato quando os aparelhos de raio-x da rede quebrarem. A intenção é garantir a manutenção rápida das máquinas, o que não ocorre atualmente.

No ano passado, o raio-x do Pronto Atendimento Municipal ficou mais de dois meses parado por causa de um problema em uma peça. Em abril deste ano, ele voltou a quebrar e apresentava problemas técnicos, situação que se repete há cerca de um mês.

O secretário municipal de Saúde, Francisco Eugênio de Souza, informou que a pasta já prepara o edital. “Nós estamos no processo de licitação que deve ser aberto no dia 29 de outubro. Nós não tínhamos essa empresa, não tínhamos esse contrato desde quando assumimos”, disse à rádio CBN.

Atualmente, a administração precisa fazer uma cotação de preços com três empresas para escolher uma terceirizada que execute o serviço, processo que sempre atrasa.

Londrina hoje possui dois aparelhos do tipo, um no PAM e outro na Unidade de Pronto Atendimento Municipal (UPA) do Jardim Sabará, este obtido através de doação.

(Fonte: o Diario)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!