Noticias | Sebrae vai monitorar compras públicas para ampliar participação de micro e pequenos empresários

Brasília – O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) vai monitorar oportunidades de negócios do setor com os governos de cinco estados, a serem definidos. A parceria firmada com o Conselho Nacional de Secretários de Estados de Administração (Consad) tem o objetivo de aumentar a participação do segmento nas compras públicas.

 

De acordo com o Sebrae, em menos de dez anos as vendas para o governo cresceram 548%, o que demonstra o interesse das micro e pequenas empresas em negócios com o setor público. Em 2002, o volume de participação foi R$ 2,9 bilhões, enquanto em 2011 esse valor passou de R$ 15 bilhões.

 

Na primeira etapa da parceria, serão feitas pesquisas para identificar as regiões que mais compram e que tipos de produtos e serviços demandam. O segundo passo será disseminar esse conhecimento, com manuais, capacitação e educação a distância dos empresários.

 

Para o presidente do Sebrae, Luiz Barreto, as empresas que querem ingressar em licitações públicas devem estar atentas e preparadas para as exigências do governo.

 

“A participação em licitações exige qualificação específica, que inclui manter a regularidade fiscal, entender corretamente o edital e [formular corretamente os] preços. É muito importante também o planejamento, para que a pequena empresa não ofereça na licitação produtos, serviços ou preços que não será capaz de [fornecer] na execução dos contratos”, alertou o presidente.

 

(Fonte: Agência Brasil)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!