Santos terá 73 câmeras com reconhecimento de placas de veículos

Dentro de seis meses, 73 câmeras reforçarão a segurança de Santos. Os aparelhos, dotados do sistema OCR (reconhecimento óptico de caracteres), que permite a leitura de placas de veículos, serão instalados nas entradas e saídas do Município, além das divisas com São Vicente, Guarujá e Cubatão. Outros 31 equipamentos sem a tecnologia serão implementadas e integrarão o Sistema Informatizado de Monitoramento (SIM).

 

As primeiras câmeras, segundo previsão do Departamento de Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicações (Detic), da Secretaria de Gestão (Seges), devem estar em funcionamento em dezembro deste ano.

 

O investimento será de R$ 2,9 milhões, provenientes do governo estadual por meio da Agência Metropolitana da Baixada Santista (Agem). O extrato de contrato com a empresa vencedora da licitação, Net Telecom Informática, foi publicado no Diário Oficial do último dia 6.

 

“Além de contribuir para o monitoramento destas áreas de forma integrada ao SIM, as câmeras com a tecnologia OCR vão detectar em tempo real carros roubados, furtados ou que participam de outras ocorrências policiais”, explica o secretário municipal de Segurança, Sérgio Del Bel Júnior.

 

Para isso, a prefeitura deverá utilizar o banco de dados da Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp). Ao identificar placas de veículos inseridos no sistema, a imagem é congelada e soa um alarme, sendo acionada a Polícia Militar imediatamente.

 

Cidade Sem Lixo

No banco de dados também poderão ser cadastradas placas de veículos flagrados ou denunciados por descarte irregular de lixo. A medida será mais uma aliada para a fiscalização do programa Cidade sem Lixo, lançado há pouco mais de um mês pela prefeitura para a mudança da cultura da população em relação à limpeza urbana. O descumprimento da legislação prevê multas de R$ 150,00 a R$ 1.000,00.

 

(Fonte: A Tribuna Online)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!