Rodoviária Nova será terceirizada

A intenção da prefeitura é que a empresa fique responsável por toda a gestão do terminal, assim como já ocorre em São José dos Campos

 

A Prefeitura de Taubaté pretende lançar no primeiro semestre de 2016 uma licitação para terceirizar a administração da Rodoviária Nova.

 

A intenção da prefeitura é que a empresa fique responsável por toda a gestão do terminal, assim como já ocorre em São José dos Campos.

 

Em nota, o município alegou que a mudança irá propiciar melhorias de infraestrutura, na rede elétrica, hidráulica, setorização das atividades, implantação de mais caixas eletrônicos, de praça de alimentação, maior comodidade e conforto aos usuários, mais segurança, melhoria do aspecto visual e modernização.

 

O custo do contrato não foi divulgado.

 

OBRAS/ Segundo a prefeitura, a empresa contratada também ficará responsável por investir em melhorias de infraestrutura e na manutenção do prédio.

 

No entanto, a reforma estrutural já prevista para o prédio será feita pela prefeitura.

 

A expectativa é que a licitação para essa obra seja aberta em janeiro. O serviço é estimado em R$ 4 milhões.

 

O espaço recebe entre duas e três mil pessoas por dia.

 

INTERDIÇÃO/ Após dez meses de interdição, o prédio foi reaberto no último dia 8.

 

Nesse intervalo, os estabelecimentos comerciais, os guichês das empresas de ônibus e o embarque e desembarque foram transferidos para uma estrutura improvisada na área do estacionamento.

 

Para garantir a retomada do funcionamento, uma empresa foi contratada de forma emergencial, por R$ 433 mil, para escorar as cerca de 35 telhas que ameaçavam cair — cada uma pesa de oito a 11 toneladas e tem 20 metros de comprimento, por 1,20m de largura.

 

O serviço de escora foi feito com estruturas metálicas, semelhantes a andaimes, e provocou críticas de passageiros e também de vereadores.

 

(Fonte: Gazeta de Taubaté)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!