Prefeitura vai investir R$ 839,8 milhões em obras e equipamentos

A Prefeitura de Curitiba prevê investir em obra e equipamentos, em 2015, R$ 839,8 milhões, mais de 10% do total de receitas previstas para o ano. Segundo o secretário municipal de Planejamento e Administração, Fábio Scatolin, apesar das dificuldades geradas pelo cenário econômico, estes recursos continuam alocados e se somam aos R$ 686,5 milhões de contratos já em execução e a mais R$ 138,5 milhões de licitações em andamento.

 

O balanço dos investimentos na cidade foi feito por Scatolin nesta quarta-feira (27), durante a audiência pública realizada na Câmara Municipal de Curitiba para apresentação do balanço financeiro da Prefeitura, no primeiro quadrimestre do ano. A secretária municipal de Finanças, Eleonora Fruet, também participou do encontro com os vereadores.

 

“Embora os investimentos não tenham sido muito fortes no primeiro quadrimestre, a Prefeitura não está parada. Estamos executando 165 contratos e temos mais 48 obras em processo de licitação. Em um momento de crise, estes investimentos são importantes, pois geram emprego e estimulam a economia da cidade”, disse Scatolin.

 

Segundo o secretário, a queda do crescimento econômico afeta todos os municípios brasileiros, pois causa um desequilíbrio fiscal, pela queda das receitas e aumento das despesas. O secretário, porém, mostrou-se confiante de que o Município possa retomar com mais força os investimentos já em 2015.

 

“A Prefeitura de Curitiba está fazendo seu dever de casa, desde o início de 2013, com uma série de medidas de austeridade e um esforço para melhorar a receita, reduzir as despesas de custeio e na busca de recursos que garantam os investimentos necessários”, disse.

 

O secretário voltou a observar que a Prefeitura de Curitiba está preparada para o contingenciamento de despesas do governo federal, que deverão causar cortes de repasses para alguns projetos que dependem de recursos do Tesouro Nacional.

 

“Já estamos sentindo os primeiro efeitos do contingenciamento, mas pretendemos lançar os editais de licitação e manter o ritmo dos projetos já em andamento, além de continuarmos em busca de recursos para os investimentos”, disse.

 

(Fonte: Bem Paraná)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!