Prefeitura suspende licitação para a instalação de radares

Feito hoje pela manhã, nenhuma empresa compareceu para participar do certame

A licitação para registro de preços para instalação de radares eletrônicos em Cuiabá foi suspensa na manhã desta segunda-feira (3), devido à falta de empresas interessadas.

Ao MidiaNews, a Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Comunicação (Secom), informou que “em breve” divulgará uma nova data.

Para a instalação dos aparelhos, o Município tem uma previsão orçamentária de R$ 42,8 milhões, que incluem 44 lombadas eletrônicas, 44 radares fixos, 55 detectores de avanço semafórico e 30 câmeras de monitoramento.

Também são previstos neste orçamento uma unidade móvel de monitoramento, dois radares móveis, dois painéis de mensagens variáveis, 30 talonários eletrônicos de infração, um sistema de apoio a JARI e uma Central de Inteligência de Controle de Trânsito. (Confira a lista dos locais abaixo)

Polêmica e prorrogadas inúmeras vezes, a instalação de radares é dever da Prefeitura, desde a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público Estadual (MPE), ainda na gestão do ex-prefeito Chico Galindo (PTB).

No ano passado, inclusive, já na gestão de Mauro Mendes (PSB), o Município renegociou com o MPE, para não pagar a multas de cerca de R$ 3 milhões devido à não instalação dos aparelhos.

Segundo a Prefeitura, a falta de interessados não causa prejuízos, uma vez que o cronograma será definido exatamente após a contratação de empresa.

(Fonte: Midia News)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!