Prefeitura prepara licitações para garantir manutenção da iluminação pública em fevereiro de 2014

 


A partir do dia 1º de fevereiro de 2014, a Prefeitura Municipal de Londrina ficará responsável pela manutenção do serviço de iluminação pública, que atualmente cabe à Copel. Representantes da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) estiveram no município nessa quarta-feira (2), para tirar dúvidas de gestores, em uma audiência realizada na Associação Comercial e Industrial de Londrina.

O secretário municipal de Obras e Pavimentação, Sandro Nóbrega, garantiu que a administração estará apta para executar o trabalho na data prevista, mas antes é preciso lançar uma licitação para a compra de equipamentos, com os recursos de R$ 7 milhões aprovados pela Câmara, e outra para contratação de mão de obra.

“A terceirização funciona da seguinte maneira: é um contrato de manutenção, mão de obra para manutenção, em que nós vamos comprar o material em estoque pelo menor preço. Essa empresa, conforme as ordens de serviço da Gerência de Iluminação, vai executar a manutenção”, colocou.

Londrina já sofreu com terceirizações suspeitas, como as que foram feitas no setor da saúde  com o Centro Integrado de Apoio Profissional (Ciap) e as oscips Atlântico e Gálatas. Nóbrega afirma que o processo é necessário para a iluminação pública e também disse que os preparativos deveriam ter sido iniciados em 2009, mas permaneciam na estaca zero quando a nova administração assumiu em 2013.

“A gente tem um tempo relativo, um ou dois anos, para que se construa um modelo que vai ser consolidado aqui na cidade. Não dá para estudar um modelo no primeiro ano de governo para implantar um modelo definitivo. Por isso, a terceirização é sensata, é racional”, defendeu.

No próximo ano, a Copel será a responsável pelo fornecimento da energia, mas toda a manutenção da estrutura de postes e praças, por exemplo, será executada pela prefeitura.

(Fonte: Londrina O Diario)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!