Prefeitura “muda” data para conclusão das obras do Centro Olímpico de PP

De acordo com licitação, praça poliesportiva estaria pronta no segundo semestre de 2015. Porém, município informa equívoco e ‘aumenta’ prazo em um ano

 

Reiniciadas no dia 31 de março deste ano, as obras de reforma e ampliação do Centro Olímpico de Presidente Prudente completaram seis meses de duração na semana passada. De acordo com a licitação publicada no Portal Prudente Transparente, o prazo estimado para a entrega é de um ano e meio (18 meses), portanto, em setembro de 2015. Porém, com um terço do tempo decorrido, a Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) informou na última sexta-feira (3) que houve um equívoco na divulgação inicial do período e, na verdade, os trabalhos devem terminar em dois anos e meio (30 meses), ou seja, em setembro de 2016. Responsável pela maior parte do valor investido, a assessoria de impresa da Caixa não confirmou a “mudança” na data de conclusão e informou que na última avaliação, há cerca de um mês, os trabalhos haviam atingido quase 20% do total.

 

A Prefeitura dividiu o tempo da obra em duas partes. A primeira etapa, que possui investimento de aproximadamente R$ 6 milhões, deveria ter sido encerrada na última semana, conforme o prazo inicial divulgado. Passados seis meses, a parte mais adiantada é a portaria. Uma das piscinas se encontra em reforma, e a outra não foi modificada desde o reinício da ampliação. A pista de atletismo também não saiu do papel. Cerca de 20 estruturas da cobertura do complexo aquático estão instaladas.

 

Na última semana, a Secom comunicou que o prazo para o fim da primeira etapa é de um ano, e não de seis meses, como anteriormente informado pela própria Prefeitura. Já com relação à segunda fase, que tem investimento de cerca de R$ 35 milhões, a primeira data divulgada foi de 12 meses após o fim da etapa inicial. Mas, segundo a correção da pasta, o prazo é de 18 meses. Mesmo com o equívoco comunicado por email, a licitação presente no site do Paço continua com a data de entrega do Centro Olímpico estimada para o fim do próximo ano

 

Questionada a respeito do prazo, a assessoria de imprensa da Caixa preferiu não se pronunciar. Em nota, o banco informou que aguarda autorização do Ministério do Esporte para o desbloqueio de mais 7% da obra concluída, e que, até o momento, foram liberados pouco mais de 12% do valor previsto.

 

Entenda o caso
Iniciados em novembro de 2011, os trabalhos no empreendimento foram paralisados no primeiro semestre de 2012, após a empresa vencedora da licitação querer cobrar aditivos para continuar a obra. Com isso, a Prefeitura conseguiu encerrar o contrato com a empreiteira no ano passado. Então, a Caixa refez o projeto e foi elaborado um novo processo licitatório. Neste ano, a empresa Tucano’s foi declarada vencedora e reiniciou as obras.

 

As benfeitorias previstas no local são reformas, adaptações e ampliações, dentre elas um conjunto aquático coberto e a construção de uma pista de atletismo oficial e de um ginásio poliesportivo.

(Fonte: G1)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!