Prefeitura fará novo pregão para transporte escolar rural

 

A Prefeitura realizará nesta segunda-feira, 06, um novo pregão para terceirizar parte do transporte escolar rural do município. A decisão foi anunciada pelo prefeito Gustavo Stupp (PDT) e pela secretária de Educação Márcia Róttoli em coletiva à imprensa, na manhã da última quinta-feira, 02.

 

Atualmente, de acordo com a secretaria de Educação, existem 30 rotas em oito linhas da zona Rural. A intenção da Administração Municipal é terceirizar 14 dessas rotas a partir do pregão que será realizado na segunda. As outras 16 continuariam sob responsabilidade da Prefeitura.

 

“Vamos terceirizar o que é necessário. Não temos estrutura para fazer tudo”, afirmou Stupp. O prefeito garante que a nova licitação segue as regras do Tribunal de Contas do Estado (TCE). O pregão anterior foi suspenso por conter regras que poderiam restringir a participação de pequenas empresas.

 

Com o fim do contrato anterior e sem uma nova licitação, a Prefeitura se viu obrigada a assumir toda a responsabilidade pelo transporte da zona Rural. Com isso, a reclamação sobre a qualidade do serviço por parte dos pais dos alunos foi parar até na Câmara Municipal. Na edição do dia 13 de setembro, A COMARCA constatou que ônibus circulavam sem monitor e com crianças viajando de pé.

 

“Foi uma fase difícil, desafiadora. Mas fizemos com mais qualidade do que era antes”, disse o prefeito. A terceirização se faz necessária porque a Prefeitura não tem condições de continuar com todo o serviço. “Teríamos que comprar mais seis ônibus”, calcula Márcia.

 

A secretária de Educação também destacou melhorias no serviço. “Estávamos há sete anos com as mesmas rotas. Agora conseguimos reduzir em 4,5 mil quilômetros”. De acordo com Márcia, a redução levou a uma economia de R$ 100 mil ao mês.

 

(Fonte: Comarca)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!