Prefeitura de Anastácio licita construção da Ponte do Diogo na Colônia Pulador

O departamento de Licitações da Prefeitura de Anastácio realizou o pregão para a contratação da empresa que irá construir em concreto a Ponte do Diogo na Colônia Pulador.

 

Os envelopes de habilitação já foram abertos e duas empresas estão concorrendo no certame. Os procedimentos de licitação estão sendo realizados e após o prazo recursal, o vencedor da licitação será divulgado.

 

Para a execução de obras de reconstrução de danos causados por inundações em 2010, o município de Anastácio aguardava desde que o prefeito a decretou Estado de Emergência e acionar a Defesa Civil nas instâncias municipal, estadual e nacional a liberação de recursos, haja vista, que no mesmo ano as enxurradas e a enchente causaram danos em diversos vários e na zona rural.

 

Nesse período a Ponte do Diogo foi reconstruída novamente em madeira com recursos próprios da prefeitura, mas em outra enchente a ponte foi destruída mais uma vez. A ponte a ser construída fica na Colônia Pulador, que dá acesso aos assentamentos São Manoel, Monjolinho e Colônia Paulista. Agora com o investimento de R$ 497 mil a construção da nova Ponte do Diogo será feita em concreto.

 

Vereadores e secretário acompanham pregão licitatórioVereadores e secretário acompanham pregão licitatórioO presidente da Câmara de Anastácio, Gilberto China esteve presente juntamente com os vereadores Murilo Valério e Fabiano Correa e o secretário de Desenvolvimento Urbano, Wander Alves, acompanhando o pregão licitatório.

 

“Queremos ver esse problema solucionado. Desde 2010 estamos lutando para receber esse recurso, foram inúmeras idas a Brasília, relatórios técnicos e fotográficos e, finalmente, estamos prestes a dar início às obras da nova Ponte do Diogo”, pontuou o prefeito Douglas Figueiredo em nota.

 

Mais pontes

O prefeito Douglas também frisou que “a equipe de projetos, secretarias de gestão, desenvolvimento urbano, obras e finanças está trabalhando nos projetos de engenharia das outras seis pontes em concreto para a zona rural, que foram devastadas com a última enchente em dezembro de 2014. A Defesa Civil Nacional acatou a situação de emergência e solicitei em Brasília R$ 1,2 milhão para construirmos essas seis pontes”.

 

(Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!