Prefeitura assina contrato para viaduto

O prefeito de Ribeirão Pires Saulo Benevides (PMDB), assinou na noite de ontem convênio junto à Caixa Econômica Federal para a construção de viaduto na cidade. O valor do investimento é de R$ 58,4 milhões, oriundos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) Mobilidade. O complexo viário terá largura de 11,5 metros e duas faixas e vai interligar a região central ao Centro Alto do município, passando por cima da linha férrea.

 

Segundo Saulo, a estimativa é que mais de 18 mil pessoas sejam beneficiadas com a obra. “Ao todo, 40% da população mora na parte alta da cidade e 60% na parte baixa, então, a demanda é muito grande. Hoje o número de veículos que circulam no município é de quase 80 mil, então, o trânsito vai melhorar. Só o transporte coletivo diminuirá 25 minutos no tempo de viagem e vai beneficiar 18 mil passageiros”, afirmou.

 

Ainda não há data definida para o início das obras, porém, o prefeito estima que seja no início do ano que vem. “Por mim começaria amanhã, mas a gente está estimando 40 dias para licitação. Vamos trabalhar para que comece até fevereiro”, declarou Saulo.

 

O secretário de Obras e Planejamento Urbano da cidade, José Carlos Agnello, afirmou que a obra é complexa. “Isso porque ela é só de concreto, além de ter grande porte e transposição entre dois bairros importantes.”

 

O prazo para a conclusão é de 18 meses, porém, o superintendente regional da Caixa Econômica, Gilnei Peroni, questionou a possibilidade de ela ser feita em menos tempo. “Se não me engano, esse é o maior contrato da Caixa com o município. O prefeito lutou bastante por essa obra e é injusto que, com esse prazo, ele não consiga entregar no seu mandato. Eu disse ao secretário: vamos fazer em 14 meses, para que ele possa entregar a obra.”

 

Agnello destacou que a redução é possível, porém, depende da liberação dos recursos. “Se for rápida, faremos em 14 meses, mas é difícil. Inicialmente o prazo se mantém por 18 meses, por causa da complexidade da obra”, explicou.

 

Durante a cerimônia, o prefeito também falou de obras futuras para Ribeirão. Entre as mais importantes estão a construção de apartamentos populares do programa do governo federal Minha Casa, Minha Vida e o teleférico, que seria um atrativo turístico.

“As obras do teleférico vão começar no mais tardar em fevereiro, com 12 meses de duração. Ele está mais avançado que o Minha Casa, Minha Vida, que acredito que comece a ser erguido em março.”

 

(Fonte: Diario do Grande ABC)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!