PMA anuncia licitação da folha de pagamento do servidor

 

Os secretários de Finanças e de Planejamento de Aracaju anunciaram na tarde desta quarta-feira, 11, a abertura de edital de licitação para a operacionalização da folha de pagamento dos servidores do município. Através da medida, um novo banco será escolhido para centralizar o pagamento e a coleta da Prefeitura. A estimativa é de que sejam arrecadados R$ 40 milhões através do edital.

Atualmente, o Banco do Estado de Sergipe (Banese) é responsável por centralizar as operações. Os pagamentos dos servidores e o repasse da arrecadação também são executados via Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, que por sua vez fazem a remessa ou a captação através do Banese. De acordo com o representante da Secretaria de Planejamento e Orçamento de Aracaju, Luciano Paz, a medida não irá representar nenhuma mudança prática ao servidor.

“Na vida diária não muda nada, por que o servidor continua tendo a possibilidade de escolher o banco através do qual receberá seu salário ou pelo qual fará seus pagamentos. E para a prefeitura, não significa que deixamos de ser clientes do Banese. Apenas vamos escolher uma nova instituição para centralizar as operações. Temos um produto que é valorizado no mercado financeiro, por que isso traz visibilidades às empresas. Portanto, esperamos um valor inicial de R$ 40 milhões”, explica o secretário.

Segundo Luciano Paes, da Secretaria de Finanças, a abertura da licitação traz benefícios ao município em um período de má fase do orçamento. “Diante do agravamento da situação fiscal e a existência de diversos credores da Prefeitura, a operacionalização é bem vinda aos cofres públicos”, explica.

Luciano acrescenta que o valor arrecadado será dividido entre o pagamento das dívidas do município e o investimento em áreas-base. “É de conhecimento de todos que a prefeitura herdou cerca de R$ 150 milhões em dívidas. Parte desses R$ 40 milhões irá para sanar esses compromissos. E é importante destacar que o modelo da operacionalização já é aplicado em diversas outras cidades, com bons resultados”, diz.

Por Nayara Arêdes e Verlane Estácio
(Fonte: Infonet)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!