Petrobras muda sistema de licitação para tentar combater corrupção

A partir de hoje, os pedidos vão precisar ser autorizados por pelo menos dois gestores da companhia, que não podem ter relação de subordinação entre eles

 

Principal empresa envolvida nas investigações da Operação Lava Jato, a Petrobras vai mudar o sistema de contratação para tentar combater casos de corrupção e fraudes.

 

A partir de hoje, segundo a Folha de S. Paulo, as licitações para contratação de bens e serviços vão precisar ser autorizadas por pelo menos dois gestores da companhia, que não podem ter relação de subordinação entre eles.

Até então, um só gestor poderia dar aval a processos do tipo.

 

A Petrobras, em nota, diz que a medida vai “fortalecer a governança na empresa” e que “a revisão no modelo de tomada de decisões busca privilegiar as deliberações colegiadas”.

 

Até o fim do ano, o novo modelo de decisões deve ser estendido a outras operações internas, segundo a empresa.

 

(Fonte: Noticias Minuto)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!