Para atender empresas, Gasmig adia pela 2ª vez licitação de gasoduto

A Gasmig adiou pela segunda vez a licitação do projeto técnico do gasoduto Uberaba-Betim. A abertura das propostas inicialmente estava prevista para o dia 11 de fevereiro e foi transferida para esta semana devido a alterações no traçado do duto. Agora, a data foi remarcada para depois do carnaval, no dia 11 de março.

 

Por meio da assessoria de imprensa, a Gasmig posicionou que a nova mudança no cronograma ocorreu apenas para atender pleito das empresas participantes da licitação e cumprir o que determina a lei das licitações. Com isso, foi concedida prorrogação de 30 dias a partir da data inicial prevista para abertura das propostas.

 

“Como o escopo da licitação [do projeto técnico do gasoduto] havia sofrido alterações em 11 de fevereiro – data em que tais mudanças foram tornadas públicas – a Gasmig está simplesmente cumprindo a obrigação legal prevista na Lei Federal 8.666/93, que determina que o prazo mínimo de divulgação de licitações na modalidade concorrência (melhor preço) seja de 30 dias”, continua o texto.

 

Na semana passada, um novo trecho entre as cidades de Queluzito e Itaúna, ambas próximo à Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi incluído no projeto do gasoduto Betim-Uberaba. Além do cronograma, o preço de referência precisou ser adequado e subiu para R$24,2 milhões.

 

O edital mantém o prazo de 10 meses para a execução do projeto técnico do duto. Considerando o atraso para abertura da concorrência, a empresa vencedora terá até janeiro de 2015 para entregar os estudos topográficos do gasoduto, o projeto de pré-detalhamento, estudos ambientais e levantamento cadastral e jurídico da Rede de Distribuição de Gás Natural. Somente após a conclusão do levantamento a Gasmig poderá dar andamento à licitação da obra.

 

O gasoduto está previsto para ser concluído até maio de 2016. O gás é essencial para viabilizar a consolidação da planta de amônia da Petrobras, que teve cronograma de instalação adiado de 2014 para novembro de 2016.

 

(Fonte: JM ONline)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!