Obras de pavimentação e esgoto somam R$ 19 milhões

Investimento do município na área da infraestrutura, principalmente em esgoto e pavimentação, se aproxima dos R$ 19 milhões

 

Os investimentos para a melhoria da infraestrutura de Castro – incluindo pavimentação e esgoto – já somam aproximadamente R$ 19 milhões. “São recursos significativos, que correspondem a obras já executadas, em execução, verbas já liberadas, além de projetos que já possuem verbas garantidas”, afirma o prefeito Reinaldo Cardoso.

 

Em 2013 pouco mais de R$ 4,1 milhões foram investidos na pavimentação das ruas do Jardim Cantagalo (R$ 698.425,49), Vila dos Bancários (R$ 968.955,41), Jardim Bailly (R$ 1.165.526,31) e Cipriano Marques de Souza (R$ 110.758,74), todos via Ministério das Cidades. Houve ainda a pavimentação da Heráclio Mendes de Camargo (R$ 1.170.870,28), recurso proveniente do Paranacidade.

 

Também estão em construção duas rotatórias na Avenida Prefeito Dr. Ronie Cardoso, trecho urbano da PR-340, no valor de R$ 880 mil, investimentos do Departamento de Estradas de Rodagem (DER). Dr. Reinaldo destaca que está acontecendo a pavimentação de mais de 17 mil metros quadrados de vias no Morada do Sol V, fruto de investimento do Ministério das Cidades na ordem de R$ 1.158.044,24. Uma das moradoras que aguardava pela obra é Edna Mendes de Oliveira, que mora no bairro há quatro anos. “Aqui é muito complicado. Em dias de chuva, forma muito barro na rua e quando o tempo fica seco a poeira é muito grande. Preciso manter a casa fechada direto porque a poeira é muita poeira que acumula. Com o asfalto, vai ficar bem melhor”, comenta.

 

Nos próximos dias também começam as obras de pavimentação de 38 quadras na Vila Rio Branco, com investimento de R$ 1.154.380, também provenientes do Ministério das Cidades.

 

Além disso, já foram licitadas as obras de pavimentação da avenida Bento Munhoz da Rocha Neto, com investimento de R$ 1,230 milhões, com investimento do Paranacidade e recursos livres do Município; assim como as obras de pavimentação com pedras irregulares para a rua Iereni Malherbi Sinhori e prolongamento da rua do Rosário, totalizando R$ 117 mil. “Enquanto isso, damos continuidade ao processo de licitação para a pavimentação dos acessos do Jardim Samambaia, Santa Leopoldina e Colégio Agrícola, no valor de R$ 997.446,96”, completa o prefeito. Ambas as pavimentações em pedras irregulares são provenientes de recursos da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística.

 

A Prefeitura também já tem verbas consolidadas – com projetos aprovados e investimento já liberado para mais de R$ 3 milhões em pavimentação, para o Jardim Arapongas (R$ 265.529,42), Termas de Rivera (R$ 910.509,77), Jardim Bela Vista (R$ 858.348,43), rua Rio de Janeiro (R$ 361.954,77) e pavimentação poliédrica no Abapan (R$ 606.462,97), todos recursos do Ministério das Cidades.

 

Com recursos já liberados e projetos em fase de aprovação constam mais R$ 4.499.626 para pavimentação de 24 quadras na Vila Santa Cruz (R$ 1.066.965,20), três quadras da rua Nicolau Jacob Filho (R$ 189.866,77), Paulo Milek Sobrinho (R$ 145.880,88), 20 quadras da Vila Rio Branco – incluindo 5 quadras da Conselheiro Jesuíno Marcondes (R$ 1.096.914,10) e mais a pavimentação do acesso ao Frigorífico de Suínos da Cooperativa, totalizando 1,5 km (R$ 2 milhões). Os recursos são do Paranacidade.

 

Em emendas já aprovadas e em fase de projeto estão a pavimentação do Prado Velho (R$ 500 mil), Jardim Pandorf (R$ 800.000) e mais quadras da Vila Rio Branco (R$ 500 mil), totalizando R$ 1,8 milhão. “Sabemos que pavimentação está entre as obras mais importantes e reivindicadas pela população. Por isso, temos nos esforçado para garantir importantes recursos neste setor”, destaca o prefeito.

 

Rede de esgoto

Melhoria em saneamento básico também é foco da administração municipal. Para melhorar ainda mais o atendimento à comunidade, em 2013 foi implantada rede de esgoto em 15 quadras do Jardim Bailly (R$ 95.919,15), 22 quadras no Morada do Sol (R$ 128.320,50), 25 quadras no Termas de Rivera (R$ 142.688,15). Também está em execução a implantação de mais seis quilômetros de rede na Colônia Castrolanda (R$ 570.633,78). As obras de esgoto são da Sanepar.

 

(Fonte: Arede)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!