Obras de construção do Presídio Estadual de Jaru serão iniciadas

 


As obras de construção do Presídio Estadual de Jaru deverão ser iniciadas na próxima segunda-feira (30 de junho). A informação foi confirmada pelo Sr. José Adão, representante da Construtora LV, durante visita ao local onde a Unidade Prisional será construída, na Rodovia RO-463, KM 05.

 

Durante o reconhecimento do local das obras, o representante da construtora esteve acompanhado do Presidente do Conselho da Comunidade de Jaru, Maurício Almeida, da Secretária Executiva do Governo, Nádia Eulália, do Tesoureiro do Conselho da Comunidade, Vicente, e do Diretor de Segurança da Casa de Detenção de Jaru, Juraci de Souza.

 

O Presídio terá capacidade para 388 vagas, com 7.506,25m² de área construída, e abrigará presos masculinos no Regime Fechado. Para a construção da Unidade Prisional, o Conselho da Comunidade na Execução Penal de Jaru, em parceria com o Poder Judiciário local, doou o terreno de 42.000m², localizado no perímetro rural de Jaru e de fácil acesso a zona urbana.

 

Área onde o Presídio será construído foi doado pelo Conselho da Comunidade de Jaru, em parceria com o oder Judiciário.

O valor da obra é estimado em R$ 13.091.836,54 (treze milhões, noventa e um mil, oitocentos e trinta e seis reais e cinquenta e quatro centavos), a Construtora LV, de Alta Floresta/RO, foi a vencedora do processo licitatório promovido pelo Governo do Estado na modalidade RDC (Regime Diferenciado de Contratações).

 

Os recursos necessários para a execução das obras são provenientes dos Governos Federal e Estadual, consignados ao orçamento da Secretaria de Estado de Justiça- Sejus e fonte, o Tesouro Nacional.

 

Conquista

A construção do novo Presídio de Jaru é conquista de uma batalha que vem sendo travada há vários anos por membros do Conselho da Comunidade de Jaru, do Poder Judiciário, do Ministério Público e da Secretaria de Estado de Justiça- SEJUS.

 

Dentre as autoridades que mais se destacaram no processo para que essa conquista saísse efetivamente do papel, estão o ex-presidente do Conselho da Comunidade Augusto Kempe (in memoria), a Exma. Juíza de Direto Kerley Alcântara (ex-juíza da Vara Criminal de Jaru), o Diretor da Casa de Detenção de Jaru Elias Rezende, e o atual Presidente do Conselho da Comunidade Maurício Almeida.

 

“A construção desse Presídio significa mais um passo nesse processo humanizado de reinserção social que aplicamos nas unidades prisionais de Jaru. O empenho e dedicação de cada pessoa envolvida nesse longo processo que hoje está se tornando realidade, foram os principais aspectos para que tudo desse certo. Não poderia também deixar de enaltecer o empenho da Magistrada Dr.ª Kerley Alcântara, que mesmo não estando mais atuando em Jaru, sempre continuou dando o apoio necessário para que essa obra fosse iniciada”, destacou o Diretor da Casa de Detenção de Jaru, Elias Rezende, lembrando também o comprometimento dispensado pelos Secretários que passaram pela Secretaria de Estado de Justiça durante o processo de formalização da construção do novo Presídio.

 

(Fonte: RondoNoticias)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!