Obras da RJ-100 começam nesta quinta devido más condições da via

Em função das más condições da via, primeira fase das intervenções será feita sem licitação e deve ser finalizada em um ano. Previsão de orçamento é de R$ 13 milhões

As obras de melhoria da RJ-100, anunciadas no ano passado pelo secretário de Estado de Desenvolvimento Regional, Abastecimento e Pesca, Felipe Peixoto, começam a ser executadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Rio de Janeiro (DER) hoje, a partir do meio-dia. Antecipadas à licitação, em função das más condições da via, a primeira fase tem previsão de orçamento de R$ 13 milhões, com execução estimada em um ano.

A rodovia, que contempla os municípios de Niterói e São Gonçalo, ligando os bairros do Barreto ao Rio do Ouro, começará a ser preparada pelo DER até que a licitação, realizada pela Fundação do DER, seja concluída. Após isso, a empresa vencedora executará as obras de terraplanagem, drenagem, pavimentação e serviços complementares, referentes à primeira fase, dentro do prazo de 304 dias corridos.

O secretário justifica que, em função das más condições da rodovia, as obras serão antecipadas, com administração direta do DER, responsável pelas obras de manutenção e melhoria das vias que compõem o corredor viário desde a sua reintegração ao Estado, demonstrando o compromisso com os usuários da via e a importância das intervenções, que permitirão um desafogar do trânsito em Niterói e São Gonçalo.

“A obra começa amanhã (hoje), com administração do DER, até que seja concluída a licitação. Essa ação só tem a trazer benefícios, não influenciando no que será executado pela empresa contratada. Essa estrada está na divisa de dois municípios importantes e está em péssimo estado de conservação”, explicou Felipe Peixoto.

Para o comerciante Ronald Peres, morador do Rio do Ouro, o anúncio das obras traz a expectativa de poder se deslocar melhor, já que costumava evitar a rodovia por causa da grande quantidade de buracos e pela péssima fluência do trânsito nos horários de pico.

“A estrada está em péssimas condições e arrebenta os pneus dos carros. Moro em Rio do Ouro e só trafego por aqui quando preciso resolver alguma coisa em Maria Paula, fora isso, procuro evitar”, conta Ronald.

As intervenções serão executadas em duas etapas, com valor total de R$ 63 milhões. A primeira consiste na duplicação do trecho entre a RJ-104 e o trevo de Maria Paula, e na pavimentação, sinalização e criação de ciclofaixa entre Maria Paula e Rio do Ouro. Ainda dentro dessa fase, será implantada uma terceira faixa em parte da Estrada Velha de Maricá (os sete quilômetros da serrinha), que será incorporada à RJ-100.

Já a segunda fase, orçada em R$ 50 milhões, prevê a construção de um binário no Barreto e a duplicação entre a RJ-104 e a BR-101. Assim como a contenção de uma encosta no Novo México, a construção de uma faixa de acesso à RJ-100 no viaduto de Maria Paula e um novo viaduto no Jardim Catarina.

Segundo o frentista de um posto de gasolina localizado no meio da extensão da rodovia, Vanderlei Mattos, a expectativa é de que as intervenções melhorem consideravelmente não só a via, mas o trânsito na região.

Opinião compartilhada pelo padeiro Pedro Gonçalves, que destaca que o risco de acidentes é ainda maior para os motociclistas. “Espero que a obra seja feita o quanto antes, porque passar aqui é um grande desafio. Os buracos colocam em risco os motoristas”. Serviço de iluminação na Via Lagos está quase concluído

As obras para implantação do serviço de iluminação na RJ-124A, rodovia que liga a saída da Via Lagos (RJ-124) ao Centro de Araruama, estão com mais de 95% dos serviços concluídos. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ), órgão responsável pela execução dos trabalhos, intensificou os esforços na última semana.

As intervenções contam com um investimento total de R$ 1,5 milhão. Iniciada no final do primeiro semestre de 2013, a obra está programada para ser oficialmente entregue à população já no próximo mês, de acordo com a programação estabelecida pelos engenheiros do DER-RJ.

Ao todo foram colocados 220 novos postes, todos equipados com potentes luminárias de 400 watts. A nova iluminação proporcionará muito mais visibilidade e segurança aos motoristas e pedestres que utilizam a via todos os dias. No momento, as equipes estão concentradas nos serviços de acabamento e início dos testes operacionais. Durante a realização dos trabalhos, estão sendo gerados cerca de trinta empregos, diretos e indiretos, para a região. O Engenheiro do DER-RJ e fiscal da obra, Mizael Pureza, destaca as melhorias e benefícios que a nova iluminação proporcionará.

“É extremamente gratificante trabalhar e coordenar o serviço de iluminação em uma rodovia. Esta ação proporcionará incalculável ganho de segurança e conforto aos motoristas, incentivando o crescimento da cidade, atraindo investidores e turistas”, avaliou.

A RJ-124A com 8,4 quilômetros de extensão, é responsável pela ligação da Via Lagos com o Centro de Araruama e por isso é de grande importância para o crescimento e desenvolvimento econômico do município. Araruama é a segunda maior cidade da Região dos Lagos em população, com mais de 110 mil habitantes, e a maior em extensão territorial, com 635,4 quilômetros quadrados.

(Fonte: O Fluminense)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!