MP denuncia à Justiça quatro empresas por fraude em licitação na área de saúde em Hortolândia

30 de Abril de 2018

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) denunciou à Justiça quatro empresas que, segundo investigações, fraudaram licitações para vencer contratos na área de saúde em três cidades paulistas, entre elas, Hortolândia (SP).

De acordo com o Grupo de Atuação Especial de Repressão à Formação de Cartel e à Lavagem de Dinheiro e de Recuperação de Ativos (Gedec), com o uso de empresas de fachada os denunciados simularam concorrências nas licitações e combinaram os preços para encarecer o contrato fechado pela ganhadora do pregão.

As empresas são a SPX Serviços de Imagens, a Amazon Diagnósticos por Imagem, a Simples Diagnóstico por Imagens, e a Blue Serviços Radiológicos. Elas participaram de licitações em Hortolândia, Cabreúva (SP) e Sorocaba (SP).

Em Hortolândia, a SPX foi a vencedora da licitação em 2013 para ser responsável pelos exames de imagem da rede municipal de saúde.

Segundo apurou o MP, apenas a SPX apresenta sede oficial. No endereço das outras três empresas de fachada denunciadas existem apenas residências, duas delas, inclusive, com o mesmo endereço.

O G1 não conseguiu contato com as empresas e seus representantes para comentar a denúncia.

O que diz a prefeitura?

A prefeitura de Hortolândia informou que a SPX venceu a licitação de 2013 e, de acordo com as regras, foi a responsável pela prestação do serviço de diagnóstico por imagem do serviço público de saúde do município até abril de 2017.

Segundo a administração, atualmente os exames de imagem de diagnóstico são feitos por uma outra empresa.

Fonte: G1

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!