Licitações de Congonhas e Santos Dumont com outros aeroportos podem render R$ 9 bi

Aeroportos da Infraero de menor rentabilidade deverão fazer parte do pacote de concessão dos aeroportos de Congonhas, em São Paulo, e de Santos Dumont, do Rio de Janeiro.

A área técnica do governo listou onze aeroportos do país que têm movimentação superior a 10 mil passageiros por dia para que fiquem atrelados às licitações de Congonhas e Santo Dumont. Embora de menor movimentação, são aeroportos rentáveis pelas tarifas cobradas e aluguéis de espaços de lojas e depósitos.

Entres estes aeroportos estão Afonso Pena, de Curitiba, com movimentação de 7,1 milhões de passageiros por ano, Salvador, com 9,1 milhões de passageiros, e Salgado Filho, de Porto Alegre, de 8,4 milhões.

Estudos internos do governo, sem ainda avaliação de mercado, indicam que com este formado de concessões seria possível o governo levantar mais de R$ 9 bilhões. São R$ 5 bilhões a mais do que seria levantado apenas com a venda dos aeroportos de Congonhas e Santos Dumont.

 

Fonte: Os Divergentes

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!