Licitação para zona azul foi homologada

Mais uma etapa foi vencida para o começo do funcionamento do sistema de estacionamento rotativo pago na cidade, a chamada “zona azul”. O secretário municipal de Transportes e Trânsito, Argemiro Ferreira, informou que a licitação para implantação do sistema foi homologada e que o contrato com a empresa vencedora foi assinado. A intenção agora é expedir a ordem de serviço relativa ao sistema até o fim da próxima semana.

 

Argemiro Ferreira afirmou que há uma determinação do prefeito Percival Muniz em ver solucionado o problema da falta de vagas de estacionamento no centro da cidade até o final deste ano, com a implantação do novo modelo de estacionamento rotativo pago. A concorrência pública para exploração do sistema foi vencida pela empresa Planar Engenharia Ltda, da cidade de Joinville, no estado de Santa Catarina.

 

Após a ordem de serviço, o secretário informa que a empresa vencedora terá um prazo de 60 dias para providenciar a sinalização, a instalação dos equipamentos e o desenvolvimento de uma campanha de esclarecimento à população, havendo perfeita condição de iniciar o funcionamento do novo sistema já no período de festejos de fim ano.

 

A implantação do estacionamento rotativo pago vem resolver um antigo problema de falta de vagas, especialmente automóveis, no quadrilátero central da cidade. O sistema apresentado pela empresa vencedora se vale do uso de parquímetros eletrônicos e é totalmente informatizado, sendo possível até mesmo o uso de smartfones e tablets para pagar o estacionamento.

 

PÁTIO DE VEÍCULOS – Um outro projeto da administração municipal está próximo de entrar em funcionamento. Trata-se do pátio municipal de guarda e apreensão de veículos, que servirá para o guinchamento/recolhimento de veículos em casos de infração no trânsito. Argemiro Ferreira informou que já emitiu a ordem de serviço para a empresa vencedora na licitação começar a operar.

 

Essa empresa já assumiu o terreno no Jardim Belo Horizonte que servirá para guarda e apreensão dos veículos e está fazendo as obras de estruturas necessárias, bem como implantação do sistema de monitoramento por câmeras. A expectativa é que, entre 15 a 20 dias, esses serviços no terreno estejam prontos. A partir daí, restará apenas a comunicação aos órgãos de segurança, como Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e agentes municipais de trânsito, de que a área está disponível para utilização.

 

O pátio poderá ser utilizado para recolhimento de veículos em casos de infração nas 24 horas do dia.

 

 

(Fonte: Tribuna MT)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!