Licitação para concessão da Arena da Amazônia deve iniciar em maio

A Arena da Amazônia completa um ano em funcionamento no próximo dia 9. O estádio de Manaus recebeu jogos da Copa do Mundo 2014. Embora o sucesso no mundial, a arrecadação com eventos esportivos e culturais realizados no estádio tem viabilizado menos de 50% dos cerca de R$ 600 mil necessários para a manutenção mensal da arena. Nesta quarta-feira (4), a Fundação Vila Olímpica (FVO), atual gestora, informou que pretende lançar, em maio deste ano, licitação para escolha da empresa que terá a concessão do local. A FVO também divulgou uma programação em alusão à fundação do estádio amazonense. Apesar de não arrecadar valores que paguem todas as despesas do local, a gestão da Arena afirma que isso estava previsto, mas não há problema na manutenção do estádio.

 

Segundo dados da Fundação Vila Olímpica, R$ 300 dos aproximadamente R$ 600 mil usados mensalmente na manutenção do estádio são oriundos do montante arrecadado com aluguel. O valor restante do custeio é proveniente dos cofres do Governo do Amazonas.

 

O diretor-presidente da Fundação Vila Olímpica, Aly Almeida, explicou que a arrecadação da Arena tem “amenizado os custos”. “Já tínhamos uma previsão disso, e não temos dificuldades para mantê-la. Tanto é que a arena está linda e continua igual como estava na Copa. O Maracanã, estádio mais conhecido do mundo e que tem a maior torcida, não foi suficiente e aqui não vai ser. No Brasil inteiro, ninguém consegue fechar essa conta”, afirmou Almeida.

 

A alternativa encontrada pelo governo do Amazonas é terceirizar o gerenciamento da Arena da Amazônia. O processo licitatório está previsto para ser aberto até maio deste ano. “Queremos ver se até julho conseguiremos colocar isso em prática para que seja feita a licitação. Tem que ser uma empresa que garanta e tenha condições. Não pode ser qualquer pessoa para comandar o estádio. Porque se não tiver arrecadação, eles vão deixar a arena deteriorar e essa não é nossa ideia. Se fosse para entregar a qualquer um, é melhor o estado ficar com ela”, enfatizou o diretor-presidente da FVO.

 

Programação

Para marcar o aniversário de um ano da Arena da Amazônia, dois eventos serão realizados neste mês no estádio. O primeiro evento será a corrida de rua “Arena Run”, que deve ocorrer no dia 15 de março. Tanto a largada quanto a chegada da corrida será na área do pódio da Arena da Amazônia. A largada ocorre às 7h (horário local). O percurso será de 5 km no entorno do estádio. As inscrições já foram iniciadas e seguem até próximo dia 10 pelo site da empresa responsável pela organização do evento. Ao todo, 1.200 vagas foram disponibilizadas, sendo que 700 pessoas efetuaram inscrição para as categorias elite e amador. Nos dias 13 e 14 de março, ocorrerá a entrega do Kit do Atleta, no Auditório da Fundação Vila Olímpica de Manaus, no bairro Dom Pedro I, na Zona Centro-Sul de Manaus.

 

O segundo evento será realizado no dia 22 de março. Trata-se de um jogo válido pela Copa Verde entre Nacional e Paysandu, do Pará, encerrando as atividades alusivas à comemoração do primeiro ano da Arena. Os ingressos custarão R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia). As vendas começam na próxima semana, de acordo com a FVO. “Não tem nada melhor do que trazer o futebol para reativar a realidade sadia que do esporte com um representante amazonense e um do Pará”, destacou Aly Almeida.

 

(Fonte: G1)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!