Licitação define empresa para exploração da Expo

A Prefeitura de Rio Preto tem marcada para a manhã de hoje a licitação de escolha de empresa que poderá explorar estacionamento durante 11 dias da Expo e que também ficará responsável pela disponibilização de praças de alimentação.

Os valores mínimos previsto na concorrência, por meio de pregão presencial, é de R$ 71 mil para uso da área de estacionamento e R$ 140 mil para as praças de alimentação.

 

O edital ainda reserva uma área onde pode ser instalado um parque de diversões. A concorrência foi aberta pela Prefeitura depois de impasse sobre a realização da Expo. As contratações de shows e a forma de uso do estacionamento foram questionadas pelo Ministério Público. O secretário de Agricultura, Jorge Menezes, havia marcado datas dos shows desde o ano passado. Por meio de um convênio com Centro Social do Estoril, um empresário poderia lucrar com os shows, o que acabou sendo questionado pelo Ministério Público.

 

O MP ameaçou até entrar na Justiça para impedir a realização da Expo, se o modelo dos shows fossem mantidos. Diante da polêmica, o Centro Social desistiu de firmar parceria com a Prefeitura. A licitação foi marcada então para hoje. A Expo tem previsão para começar daqui na quinta-feira. Uma empresa chegou a contestar o edital e tentou a impugnação da concorrência. O pedido foi rejeitado pela Prefeitura.

 

A polêmica também reduziu a grade shows inicialmente prevista para a Expo. Shows das bandas Jota Quest e do sertanejo Gusttavo Lima, previstas para este final de semana, haviam sido “transferidos” para o Palestra, mas essas apresentações acabaram canceladas. A Prefeitura resolveu ampliar os gastos com shows para manter as apresentações previstas para a segunda semana da Expo. Serão gastos mais de R$ 600 mil em dinheiro público só com shows.

 

(Fonte: Diario web)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!