Licitação de duplicação de trecho avança

 


A licitação das obras de duplicação da BR-364 entre as cidades de Cuiabá/Várzea Grande e Rosário Oeste voltou a avançar, com a abertura das propostas de preços realizada em junho passado, em Brasília (DF). Cinco consórcios de empresas estiveram na disputa para realizar a duplicação desse trecho de 108,2 quilômetros. Trata-se do único trecho sob responsabilidade do Governo Federal no qual as obras de duplicação ainda não começaram. As obras de duplicação da rodovia entre Rondonópolis e Cuiabá estão em andamento.

 

Nesta abertura de propostas, inicialmente, os consórcios participantes apresentaram as seguintes propostas de preço para a duplicação do trecho entre Cuiabá e Rosário Oeste: Tamasa-Cimcop-Vereda-Consol, com R$ 530,750 milhões; Encalso-Bandeirantes-Destesa-Direção, com R$ 550 milhões; Brasil-Mota, com R$ 700 milhões; Servix-Via-JDS, com R$ 566 milhões; e Goiás-Construmil-Gae-Spazio, com R$ 800 milhões. Após a abertura das propostas de preço, teve início a fase de lances verbais.

 

Ao final, as propostas apresentadas ficaram da seguinte forma: Tamasa-Cimcop-Vereda-Consol, com proposta de R$ 452 milhões (a mais vantajosa); Encalso-Bandeirantes-Destesa-Direção, com R$ 476 milhões; Brasil-Mota, com R$ 501,5 milhões; Servix-Via-JDS, com R$ 499 milhões; e Goiás-Construmil-Gae-Spazio, com R$ 800 milhões.

 

Agora está sendo julgada a proposta técnica dos consórcios participantes, para definir a licitante melhor classificada. Nenhuma das participantes externou desejar entrar com recurso referente a fase realizada neste mês de junho.

 

Além da duplicação, o edital das obras prevê a restauração da pista existente, melhoria da segurança, construção de contornos rodoviários, implantação de sistema de iluminação pública e construção de obras-de-arte especiais.

 

A duplicação do trecho Cuiabá e Rosário Oeste faz parte das obras de duplicação da BR-364 entre Rondonópolis e Posto Gil/Diamantino, que estão sendo executadas pelo Governo Federal.

 

(Fonte: A tribuna MT)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!