Igapó: Dnit deve abrir licitação até 10/02

 


O projeto das obras de recuperação do complexo de pontes de Igapó precisa de adequações para sair do papel. Elaborado em 2009, ele passa nesse momento por ajustes relacionados à metodologia da execução da obra. A expectativa é que no dia 10 de fevereiro seja aberta nova licitação para execução das obras.

O Dnit já havia informado em junho do ano passado que teria que realizar uma nova chamada de empresas para execução das obras, em virtude de não ter surgido propostas de acordo com o valor previsto no projeto executivo elaborado pela empresa Maia e Melo Engenharia Ltda.

Contudo, de acordo com o superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Walter Fernandes, agora é preciso alterar o projeto em relação à necessidade de se utilizar apoio náutico para a execução da obra. Estariam relacionados a esse suporte o uso de um barco para servir de base nos trabalhos, bem como a possibilidade de trabalhar com soldadores específicos e até mergulhadores.

“O projeto apresentava balanço em própria estrutura da ponte e as empresas não querem, acham que isso é um risco muito grande”, explica Walter Fernandes. Uma licitação da obra foi revogada em setembro de 2012 porque as empresas, na época, haviam entrado com alegações de que alguns serviços não estariam previstos no edital.

O então superintendente do órgão, Ézio Gonçalves, defendeu que após a recuperação da ponte, o Dnit deveria elaborar projeto para construir mais uma ponte, entre as ruas Felizardo Moura (Quintas) e Tomaz Landim (Igapó).

(Fonte: Tribuna do Norte)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!