ICMBio abre licitação para concessões em dois parques

03 de Abril de 2017

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) publicou nesta segunda-feira (3), no Diário Oficial da União, avisos de licitação de concessão de serviços de apoio à visitação nos parques nacionais de Brasília, no Distrito Federal, e do Pau Brasil, em Porto Seguro, na Bahia.

No Parque Nacional de Brasília, um dos mais visitados do País, com cerca de 300 mil visitantes por ano, serão licitados serviços de cobrança de ingressos, estacionamento de veículos, alimentação, loja de conveniência, aluguel de bicicletas e exploração dos espaços do Centro de Visitantes (exposições, mostras, eventos etc).

Já no Pau Brasil, vão ser concedidos à iniciativa privada serviços de cobrança de ingressos, transporte interno de visitantes (vans), estacionamento de veículos, lanchonetes, loja de conveniência, aluguel de bicicletas, exploração do centro de visitantes, camping, tirolesa e passarelas suspensas.

As licitações serão feitas por meio de pregão eletrônico. Os editais estão disponíveis na sede do ICMBio, em Brasília (EQSW 103/104, Lote 1, Módulo “B”, Complexo Administrativo, Setor Sudoeste) ou na internet nos endereços www.comprasgovernamentais.gov.br e www.icmbio.gov.br.

Os interessados em participar do processo licitatório podem encaminhar propostas a partir de hoje (3/4). A abertura dos lances para o Parque Nacional de Brasília será feita no dia 15 de maio, às 10h, e para o Parque Nacional do Pau Brasil no dia 29 de maio, também às 10h. Os eventos ocorrerão por meio do site www.comprasnet.gov.br.

Concessões

Com as licitações, o ICMBio acelera o programa de concessão de serviços de uso público nas unidades de conservação federais. O modelo, que já é adotado com sucesso nos parques nacionais de Iguaçu (PR), Tijuca (RJ), Fernando de Noronha (PE) e Serra dos Órgãos (RJ), busca aprimorar o atendimento ao público por meio de parcerias com a iniciativa privada.

De acordo com esse modelo, as empresas ganham o direito de explorar serviços relativos à visitação nos parques nacionais por um determinado período de tempo e, em contrapartida, assumem o compromisso de fazer investimentos nas unidades. Tudo isso baseado em estudos de viabilidade econômica feitos com antecedência.

Fonte: Portal Brasil

 

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!