Grupos habilitados para concorrer à licitação de túnel serão conhecidos na quarta

As empresas interessadas em participar das obras do túnel submerso que ligará Santos e Guarujá serão conhecidas nesta quarta-feira (15), em sessão solene, na Capital. De acordo com informações da Dersa, os interessados são, em sua maioria pessoas e empresas ligadas a diversos segmentos do setor de engenharia e construção civil do País e do exterior.

 

Até a manhã desta segunda-feira (13), o website da companhia havia registrado 229 downloads do edital de pré-qualificação. Nesta etapa, as empresas interessadas em construir a ligação seca terão de comprovar a competência técnica e capacidade financeira para viabilizar a obra.

 

Conforme a Dersa, os grupos habilitados estarão aptos a participar da concorrência do empreendimento. A previsão é que a licitação seja lançada por volta de 25 de novembro. Vencerá esta etapa o licitante cuja proposta comercial resultar no menor preço global para a obra.

O custo total está estimado em R$ 1,98 bilhão. O início das obras está previsto para janeiro de 2015, com duração de 44 meses.

 

Histórico

A pré-qualificação teve de ser refeita, devido ao fato de o Estado ter aberto mão do empréstimo de US$ 506,7 milhões (em torno de R$ 1,124,6 bilhão) do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) que seria utilizado para construir o túnel.

 

No entanto, o certame foi cancelado em julho, porque a instituição internacional questionou a cláusula de formação de consórcios, que previa a transferência de tecnologia por meio de exigências de participação de suas empresas brasileiras, com pelo menos 20% do capital cada uma.

 

Tecnologia

O túnel submerso deverá ter uma tecnologia ainda não utilizada no País. Será composto de seis módulos de concreto pré-moldado, que serão construídos em uma doca seca localizada no Guarujá. Após finalizados, serão rebocados flutuando até o local onde serão submersos. Quando finalizado, permitirá o deslocamento entre Santos e Guarujá em tempo menor que o verificado atualmente, estimado em cerca de 1 minuto. Atualmente, a ligação entre Santos e Guarujá é feita pela rodovia Cônego Domenico Rangoni (SP 055), com 43 km de extensão, ou por balsas.

O prazo de conclusão é de 44 meses, portanto, se as obras forem iniciadas em janeiro, como quer o governo paulista, o túnel deve entrar em operação em meados de 2018.

 

(Fonte: A Tribuna)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!