Grupo que venceu a licitação do Salgado Filho exalta localização de Porto Alegre

03 de Abril de 2017

Executivos do grupo alemão Fraport AG Frankfurt, vencedor da licitação de concessão do Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, reuniram-se na tarde desta segunda-feira (3) com representantes do governo do Rio Grande do Sul no Palácio Piratini, na capital gaúcha. Após o encontro, o vice-presidente sênior da companhia, Christoph Nanke, destacou a localização da cidade.

“É um aeroporto que tem ótimas oportunidades para se desenvolver. O Rio Grande do Sul e Porto Alegre formam uma área economicamente forte no Brasil, e geograficamente é muito bem localizada dentro do Mercosul”, disse.

No dia 16 de março, a Fraport AG arrematou a concessão do Salgado Filho por 25 anos durante leilão realizado pelo governo federal. A companhia tem obrigação de investir R$ 1,9 bilhão nos terminais gaúchos. Entre os investimentos previstos, estão a ampliação do terminal de passageiros, do pátio de aeronaves, do estacionamento e da pista de pouso e decolagem.

As obras na pista devem ser realizadas em 52 meses, mais de quatro anos. Para viabilizar a melhoria, cerca de 1,3 mil pessoas precisam ser removidas da Vila Nazaré e transferidas para outras áreas da cidade. O secretário estadual de Desenvolvimento, Fábio Branco, disse que o assunto será tratado nos próximos dias. “Esse projeto é fundamental para o crescimento e desenvolvimento do estado”, afirmou.

Nanke espera que a obra na pista seja viabilizada em breve. “A pista no momento é o grande fator que limita o desenvolvimento do aeroporto, e precisa da cooperação das autoridades”, afirmou o executivo.

O governador gaúcho, José Ivo Sartori, afirmou que nos últimos dois anos o estado teve avanços na desburocratização da máquina pública. “Somos parceiros daqueles que querem investir no Rio Grande do Sul”, afirmou.

Após a reunião no Piratini, os executivos da companhia, acompanhados pela cônsul-geral da Alemanha em Porto Alegre, Stefan Traumann, reuniram-se com o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior. Segundo a prefeitura, o encontro teve como objetivo aproximar a empresa do município e tratar de assuntos como a ampliação dos terminais e da pista e o potencial de crescimento das operações no aeroporto.

“Acreditamos fortemente na relação entre a empresa e as autoridades locais. Não só a pista, mas o terminal também será ampliado. Essa qualificação vai atrair mais passageiros e investidores”, disse Nanke.

Marchezan afirmou que espera que a cidade aproveite a chegada da empresa para se desenvolver. “A crise que estamos vivendo é uma grande oportunidade para fazermos Porto Alegre se desenvolver cada vez mais. Temos um grande potencial turístico e econômico reprimido, um gargalo histórico no aeroporto. Queremos aproveitar as experiências que a empresa está nos trazendo para crescermos juntos”, afirmou.

Fonte: G1

 

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!