Governo santomense anuncia licitação de dois blocos de petróleo

O Governo santomense, através da Agência Nacional dos Petróleos (ANP-STP), anunciou a abertura de um concurso público para a venda de dois blocos de petróleo na Zona Económica Exclusiva (ZEE) do arquipélago.

Numa nota, segundo a PANA, na capital santomense, a ANP-STP precisa que em causa estão os blocos 6 e 1 que ficaram de fora da adjudicação direta ocorrida no ano passado Durante esta licitação do ano passado, a Sinoangola STP, uma empresa de capitais chineses, angolanos e santomenses, ficou com o bloco 2, num contrato de partilha de produção de cinco milhões de dólares americanos depositado no banco central dos Estados Unidos, a reserva federal, no início deste ano.

Mais tarde, o grupo Blue Skies World e a empresa London Global Energy solicitaram a aquisição dos direitos de exploração dos blocos 6 e 1, e o Governo santomense, através da ANP-STP, decidiu abrir um novo concurso que termina em 30 de janeiro corrente. O campo petrolífero da ZEE de São Tomé e Príncipe possuiu 19 jazidas de petróleo dos quais sete já foram licitadas.

O bloco 3 é detido pela nigeriana Oranto, enquanto a britânica Equator adquiriu, por seu turno, o direito de exploração do bloco 5, estando a jazida número 4 sob a jurisdição da ERHC, e o bloco 2 foi entregue a Sinoangola STP.

O interesse pelo campo petrolífero santomense na ZEE acontece numa altura que a francesa Total anunciou a sua desistência do bloco 1 na zona conjunta de desenvolvimento entre a Nigéria e São Tome e Príncipe, por considerar que o bloco não possuiu petróleo para o seu volume de negócio.

(Fonte: A Verdade)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!