Governo quer SLTI prestando serviço às prefeituras

A Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação tem o desafio de estabelecer uma central de compras, capaz de gerar preços menores para a administração pública, ao mesmo tempo, precisa também ampliar a sua atuação. “A SLTI tem o potencial de prestar serviços às prefeituras e, assim, alavancar o desenvolvimento regional. É preciso ter isso em mente”, disse a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, na cerimônia de posse de Loreni Foresti à frente da SLTI, realizada nesta terça-feira, 26/02. 

 

Outra iniciativa que deve ser estendida é o Regime Diferenciado de Contratações (RDC), que trouxe agilidade e menores custos nas licitações e contratos necessários à realização de grandes eventos como os Jogos Olímpicos de 2016 e a Copa do Mundo de 2014 e também para os sistemas públicos de educação e saúde.

 

Natural de Nova Prata, no Rio Grande do Sul, Loreni Foresti é graduada em Administração de Empresas pela Faculdade de Ciências Contábeis e Administrativas São Judas Tadeu de Porto Alegre. Já foi diretora de logística e serviços gerais e secretária- adjunta da pasta, onde trabalhou de 2003 a 2010. “Conheço os desafios da secretaria e também já trabalhei na ponta. Estamos alinhados ao MP e ao próprio Governo no sentido de melhorar a gestão federal, estadual e municipal do Brasil”, garantiu Loreni Foresti.

 

O processo de compras governamentais é tema do Forum TIC Brasil 2013, evento que o portal Convergência Digital e a Network Eventos realizam no dia 20 de março, em Brasília.

 

(Fonte: Convergência Digital)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!