Governo lança edital para construção de ferrovia em Rondônia

O senador Acir Gurgacz comunicou ontem no plenário do Senado o lançamento do edital de chamamento para contratar os estudos técnicos e o projeto básico de engenharia da Ferroviária Transcontinental, no trecho entre Sapezal (MT) e Porto Velho (RO).

 

De acordo com o senador Acir, a proposta de construção deste trecho da ferrovia, partido de Porto Velho até Vilhena, foi colocado no orçamento da União e no Plano Plurianual 2012-2015 quando ele foi relator de Receitas do Orçamento da União de 2012. “A inclusão deste projeto no PPA 2012/2015 foi discutida em uma audiência da Comissão de Orçamento que realizamos em Porto Velho, em setembro de 2011”, lembrou Acir.

 

De acordo com o edital, por meio deste chamamento público será contratado o serviço aerofotogramétrico e o projeto básico de engenharia do referido trecho de 950 quilômetros abrangendo os estados de Mato Grosso e Rondônia.

Segundo Acir, esta ferrovia irá consolidar os corredores logísticos e de exportações via rio Madeira e rio Amazonas, pelo Oceano Atlântico, e também para a saída pelo Pacífico.

 

A Ferrovia Transcontinental foi planejada para ter aproximadamente 4.400 km de extensão em solo brasileiro, entre o Porto do Açu, no litoral do estado do Rio de Janeiro e a localidade de Boqueirão da Esperança/AC, como parte da ligação entre os oceanos Atlântico, no Brasil, e Pacífico, no Peru. Estão previstos R$ 4,9 bilhões no PAC para esta obra.

 

Entre Campinorte/GO e Vilhena/RO, com estimados 1.630 km de extensão, é denominada Ferrovia de Integração do Centro Oeste – FICO.

 

A expectativa inicial do governo federal era ter iniciado as obras no final de 2010. Desde então, foram diversos adiamentos, até que o TCU impediu a licitação de milhares de trilhos devido a falhas no projeto.

 

(Fonte: Portal Rondonia)

 

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!