Noticias | Governo Federal utiliza poder de compra para fomentar MPEs

O uso do poder de compra foi tema de palestra durante Fomenta Nacional

 

Cerca de 500 empresários e gestores públicos acompanharam, na manhã desta quarta-feira, 21, a palestra do secretário de logística e tecnologia da informação, Delfino Natal de Souza, sobre o uso do poder de compra nas aquisições públicas. O seminário aconteceu durante a quinta edição do Encontro de Oportunidades para Micro e Pequenas Empresas nas Compras Governamentais (Fomenta Nacional).

 

Para o secretário, as compras públicas não são mais meramente uma área meio, de suprimento das necessidades da administração. “Com o uso do poder de compra, as aquisições realizadas pelo governo federal se tornaram uma política de Estado, pois agora pensamos na função social das licitações públicas”, explica.

 

Souza relatou, ainda, que esses processos de contratações geram empregos e fortalecem o mercado interno. “Com esse modelo, atenuamos o princípio da estrita eficiência econômica e geramos desenvolvimento sustentável”, disse.

 

Entre 2002 e 2011, o uso do poder de compra gerou um crescimento real acumulado de 597% na participação das Micro e Pequenas Empresas (MPEs). No primeiro ano, as MPEs responderam por R$ 2,56 bilhões. Já em 2011, este número passou para R$ 15, 29 bilhões. Este último número mostra que o setor é responsável por 33% das compras públicas da administração direta, autárquica e fundacional.

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!