Governo estadual publica edital do Aquaviário

Concorrentes terão até 31 de outubro para apresentar propostas; o valor da licitação é de R$ 1,4 bilhão

 

O Governo do Estado publicou na edição do Diário Oficial desta segunda-feira (29) a licitação para concessão do serviço público de transporte hidroviário metropolitano de passageiros. Os concorrentes terão até 31 de outubro para a entrega das propostas. O valor da licitação está estipulado em R$ 1,4 bilhão

Em maio, a Assembleia Legislativa aprovou o projeto de lei instituindo o serviço. A tarifa também pode ser subsidiada por contribuição financeira do governo. O projeto também autoriza o governo a abrir créditos adicionais de até R$ 20 milhões no exercício de 2014 para o cumprimento da lei.

Estudos realizados pela Secretaria de Estado dos Transportes e Obras Públicas (Setop) apontam que a exploração do Aquaviário se dará em três fases. A fase inicial, que compreende os trechos Prainha/Praça do Papa/Centro de Vitória e Argolas/ Centro de Vitória/Porto Santana, prevê a construção, operação e gestão do conjunto de estações, plataformas flutuantes, centro de controle operacional e o estaleiro para reparo e manutenção das embarcações, necessários à operação dessa primeira linha.

A segunda fase compreende a ampliação da linha atendida pelo serviço, contemplando o trecho Centro/Argolas/Rodoviária/Porto Santana/Santo Antônio até o final do terceiro ano de contrato. A última fase prevê mais uma ampliação de trecho, agora englobando Prainha/Praça do Papa/Glória/Dom Bosco/Centro. Em ambas as fases estão previstas a construção e eventual expansão de infraestrutura para atender aos novos trechos ampliados.

O transporte aquaviário integra o Programa de Mobilidade Metropolitana (PMM) do governo estadual. O modal terá quatro embarcações, com capacidade para 200 passageiros. A tarifa será a mesma do Sistema Transcol, mas haverá integração tarifária com os ônibus, cujos usuários não terão, portanto, custo para utilizar as barcas.

Por enquanto, o sistema terá quatro estações, localizadas em Vitória e Vila Velha: na Prainha (Vila Velha), na Praça do Papa, outra será próxima ao antigo Terminal no Dom Bosco, e no Centro de Vitória. Todas terão estacionamentos para veículos, bicicletários, banheiros e lanchonetes. O governo projeta uma travessia de seis minutos entre o dois municípios.

 

(Fonte: Seculo Diario)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!