FUABC lidera licitação da PPP da Saúde mauaense

Atual gestora do Hospital Radamés Nardini de Mauá, a FUABC (Fundação do ABC) lidera a concorrência para arrematar PPP (Parceria Público-Privada) para administrar todos os 46 equipamentos da rede de Saúde mauaense. A OSS (Organização Social de Saúde) foi a única classificada para segunda fase do certame, que levará em conta condições jurídicas e financeiras para fechar acordo de R$ 168 milhões por um ano, prazo renovável por mais quatro.

 

A FUABC assumiu o controle do Nardini em 2010, quando a unidade passava por colapso administrativo durante a gestão do ex-prefeito Oswaldo Dias (PT). Apesar de o PT ter criticado veemente as parcerias com OSS na administração de Leonel Damo (PMDB), a entidade conseguiu amenizar a crise e ainda trabalha para solucionar gargalos no hospital.

 

O contrato atual da FUABC com Mauá prevê repasse mensal de R$ 4 milhões, mais R$ 1 milhão fornecido pelo governo do Estado. O acordo está próximo do vencimento, mas ainda poderia ser renovado até o começo de 2016. A tendência é que a PPP seja acertada ainda neste ano com objetivo, segundo o prefeito Donisete Braga (PT), de otimizar os custos e agilizar o funcionamento.

 

O valor de R$ 168 milhões ao ano previsto pela PPP vai englobar o Nardini, UBSs (Unidades Básicas de Saúde), UPAs (Unidade de Pronto Atendimento 24 Horas) e a sede da Pasta de Saúde. O contrato impõe série de metas quantitativas e qualitativas a ser cumprida. Além disso, a vencedora da concorrência terá de prestar contas jurídicas e financeiras de forma sistemática, com planilhas mensais, bimestrais, trimestrais e quadrimestrais.

 

A expectativa com o modelo, que é pioneiro no Grande ABC, é de que a contratação de funcionários e compra de materiais, como medicamentos não emperre em burocracias do poder público.

 

(Fonte: Diario do Grande ABC)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!