Empresa esclarece diferenças de valores em licitação que foi suspensa pelo TCE

Toledo o Brasil explicou que a diferença de valores de justifica pelo fato de se tratarem de finalidades diferentes.

 

A empresa Toledo do Brasil enviou nota à imprensa prestando informações sobre o processo licitatório realizado pela Secretaria de Administração do Estado (SEAD) para a aquisição e instalação de equipamentos para a ZPE (Zona de Processamento de Exportação) de Parnaíba. O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE) determinou a suspensão da licitação sob suspeita de grande diferença de preços entre o valor de pagamento proposto pela empresa contratada e o valor que foi oferecido pela Secretaria.

 

Segundo o Tribunal, e empresa foi contratada pelo valor de R$ 1.230.000,00, sendo que no início do ano a proposta apresentada pela empresa teria sido de apenas R$ 397.400,00. O objetivo da licitação era o fornecimento e instalação de balança rodoviária de pesagem eletrônica, sistema de gerenciamento de pesagem, acessórios automação para sistema de pesagem e o sistema de reconhecimento óptico de caracteres para atender às necessidades da Companhia Administradora da ZPE.

 

A Toledo explicou que a diferença de valores se justifica pelo fato de se tratarem finalidades bastante diferentes. “A especificação contida no edital em relação à oferta inicial de menor valor ampliou o escopo de fornecimento em diversos aspectos. Entre itens cujo escopo foi ampliado, destacamos: tipo de balança, itens de automação, sistemas de leitura de caracteres, necessidade de integração de dados, etc”, diz a nota.

 

Mesmo antes da ordem de suspensão da licitação pelo TCE, a Secretaria de Administração do Estado já teria determinando cancelamento do contrato. Isso por conta da possibilidade de judicialização do processo, já que empresas derrotadas na disputa estariam dispostas a questionar a licitação na justiça.

 

(Fonte: Jornal O Dia)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!