Ecorodovias vence licitação para operar Ponte Rio-Niterói

A Ecorodovias venceu nesta quarta-feira o leilão público para operar nos próximos 30 anos, sob concessão, a Ponte Rio-Niterói, de 13,2 quilômetros de extensão. No leilão realizado na bolsa de São Paulo, a Ecorodovias apresentou uma oferta de pedágio de R$ 3,28 reais por veículo, um preço 36,67% menor do que o teto máximo fixado pelo governo na licitação. A segunda proposta no leilão foi a do consórcio Nova Guanabara, que ofereceu uma tarifa de R$ 3,35, valor 35,2% menor do que o preço máximo da licitação. A CCR, atual operadora da ponte e cuja concessão termina em maio após vinte anos, apresentou em sua oferta um preço de pedágio de R$ 4,24, o que representa 18,2% a menos do que o teto estipulado.

 

De acordo com a Agência Nacional do Transporte Terrestre (ANTT), os investimentos em infraestrutura na concessão foram calculados em R$ 1,3 bilhão. Entre as obras se destacam um viaduto entre a ponte e a Linha Vermelha, a construção de uma passagem do tipo “mergulhão” na Avenida Feliciano Sodré (direção leste-oeste) passando sob a Praça Renascença, em Niterói, e uma pista exclusivo para que os veículos pesados acessem diretamente a Avenida Brasil. Para o leilão de hoje foram habilitados quatro empresas e dois consórcios. A ponte Rio-Niterói tem um fluxo de 56 milhões de veículos por ano.

 

Após vencer o leilão, as ações ordinárias da Ecorodovias caiam 4,84% na bolsa. Com o leilão de nesta quarta-feira, o governo retoma assim o programa de concessões à iniciativa privada de trechos de rodovias do país.

 

(Fonte: R7)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!