Economia de SP com Bolsa Eletrônica de Compras ultrapassa R$ 1,3 bilhão

Bolsa Eletrônica de Compras (BEC), implantada em 2000 pelo Governo de São Paulo, permitiu que em 14 anos o Estado economizasse um total de R$ 1,348 bilhão. Só em 2014, já foram poupados R$ 48,7 milhões dos cofres públicos estaduais (até 25 de abril). A economia ocorre a partir da automatização dos procedimentos e a rapidez das informações.

 

O sistema funciona em todas as 747 Unidades Gestoras Executoras (UGE) da administração pública, que são Diretorias de Ensino, hospitais, penitenciárias etc. Vale para compras de valor limitado (operações que dispensam licitação, com limite de R$ 8 mil, e realizadas no meio de licitação na modalidade convite, com limite de R$ 80 mil).

 

Pelo sistema BEC, as licitações utilizam um edital-padrão. A partir daí, os fornecedores cadastrados são contatados, e novos fornecedores interessados também podem ter acesso. Os leilões são programados, e todas as propostas de preço são apresentadas eletronicamente. O certame é realizado também por meio do sistema, de maneira eletrônica, bem como a interposição de recursos e a divulgação dos resultados.

 

Além de economizar recursos, a BEC permite maior transparência nos gastos do Estado de São Paulo, já que todo o processo, do início à divulgação do resultado, é publicado de forma eletrônica.

 

(Fonte: Estado SP)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!