Dnit rejeita mais um recurso de obra na BR

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) rejeitou outro recurso do consórcio encabeçado pela construtora Cetenco contra decisão que julgou vencedor o consórcio formado por Encalso, Bandeirantes, Coplan e Astec, que lançou proposta de R$ 186,9 milhões para a duplicação de trecho urbano da BR-153 em Rio Preto.

 

Com proposta inferior, de R$ 185,9 milhões, o grupo Cetenco obteve pontuação técnica inferior à primeira colocada. Outros pedidos contra a licitação já haviam sido rejeitados. Desta vez, o consórcio apontou que o grupo vencedor não teria feito a “revalidação” da oferta. O argumento, assim como outros, foram descartados pela comissão de licitação. “O resultado deve ser mantido publicando-se como vencedor o consórcio Cetenco,Bandeirantes, Coplan e Astec”, decidiu ontem o presidente da comissão, Gilmar Soler Simões.

(Fonte: Diario Web)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!