Dnit prevê para agosto início da recuperação da BR-210, no Amapá

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) informou nesta segunda-feira (18) que está previsto para 30 de maio o lançamento da licitação para contratação de serviços de manutenção da BR-210, entre os municípios de Porto Grande e Pedra Branca do Amapari. A condição da rodovia foi alvo de protesto de moradores, no sábado (16), no perímetro urbano de Porto Grande.

 

Segundo o superintendente do Dnit no Amapá, Fábio Vilarino, a licitação para conservação da rodovia está em fase final e tem previsão de gasto de R$ 41 milhões para dois anos.

 

“Estamos finalizando a licitação nos trechos. Apesar da condição da rodovia, não estamos registrando atoleiro, e sim o aparecimento de buracos, fazendo os veículos passarem pelo perímetro em velocidade reduzida. Ela ainda está transitável. Nesta época de chuva é difícil manter a estrada 100% em boas condições”, falou Vilarino.

 

Com o lançamento da licitação, o Dnit espera assinar na primeira semana de agosto os contratos com a vencedora da concorrência. A expectativa é emitir a ordem de serviço no mesmo dia. Até a oficialização da contratação, Vilarino adiantou que o Dnit terá auxílio da Secretaria de Estado de Transportes (Setrap) para recuperar os trechos.

 

A licitação de conservação ainda abrange a recuperação do perímetro urbano em Porto Grande, com a criação de acostamentos de dois metros e meio em cada margem da rodovia. O serviço está incluído nos 212 quilômetros do certame.

A BR-210 existe desde 1973. A previsão é de que no orçamento de 2016 a União inclua R$ 3,5 milhões para o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes contratar uma empresa para fazer projetos de custos da rodovia. Somente depois do procedimento será possível fazer a licitação para asfaltar a estrada.

 

(Fonte: G1)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!