Contrato vence e São Carlos (SP) fica sem radares até o final de 2013

 


São Carlos (232 km de São Paulo) vai ficar sem radares de fiscalização da velocidade no trânsito pelo menos até o final deste ano.

O contrato com a empresa que fornecia os dois radares usados na cidade venceu no último sábado (9), e a prefeitura estima um prazo de 45 dias para lançar licitação e contratar de novo o serviço.

O diretor do departamento de trânsito de São Carlos, Mateus Araújo e Silva, afirmou que, no período sem os radares, as blitze e a presença dos agentes de trânsito serão reforçadas na cidade.

De acordo com Silva, a administração fez um estudo para mudar a tecnologia dos equipamentos utilizados no serviço de fiscalização. O objetivo é ganhar em eficiência e reduzir custos.

Isso explicaria o atraso para fazer uma licitação para que uma outra empresa seja contratada. O antigo contrato dos radares tinha um custo de R$ 42 mil por mês.

(Fonte: G1)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!