Conmebol promete licitar próximos contratos

A Conmebol (Confederação de Futebol da América do Sul) enviou a seus associados detalhes de processo de reforma que pretende fazer após o escândalo de corrupção que assolou a entidade. Entre as mudanças estão a de divulgar os salários do presidente e dos membros do comitê executivo e de fazer licitações para fechar acordos comerciais, como a venda dos direitos das competições sob sua organização.

 

A suspeita de que cartolas da Conmebol receberem suborno de empresas de marketing esportivo para fechar acordos de televisionamento e direitos comerciais levou dirigentes sul-americanos, entre eles o brasileiro José Maria Marin, ex-presidente da CBF, à prisão.

 

A direção da Conmebol prometeu também contratar uma consultoria para acompanhar licitações e contratos comerciais que firmar a partir de agora. Nesses acordos, a entidade pretende incluir cláusulas anticorrupção. O documento aprovado em reunião na Rússia, onde ocorreu o sorteio das Eliminatórias da Copa, inclui a elaboração de política anti-suborno e prevenção de eventuais conflitos de interesse entre membros e empresas que tenham contrato com a entidade.

 

(Fonte: O Povo)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!