Comec pode fazer a licitação até agosto

A Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) deve realizar a licitação do transporte público das linhas metropolitanas da Rede Integrada até agosto, quando chega ao fim a pesquisa Origem-Destino lançada no dia 19 de março. Neste período, também vence o convênio com a Urbs — que atualmente administra o sistema integrado.

 

O convênio Urbs-Comec foi renovado na sexta-feira passada e tem validade até agosto, quando então a Comec deve assumir o transporte integrado de 13 municípios da Região Metropolitana com a Capital, caso não seja firmado novo convênio.

 

Com a manutenção do convênio e o aumento do repasse por parte do governo — será de R$ 7,5 milhões até agosto — a tarifa da RIT permanece em R$ 2,70, embora a tarifa técnica a ser homologada tenha ido de R$ 2,93 para R$ 3,18.

 

A pesquisa que a Comec iniciou pretende  ouvir 128 mil pessoas que embarcam e desembarcam nos terminais de ônibus e em 225 pontos de ônibus (ou estações-tubos) de Curitiba, utilizados para deslocamento dos passageiros dos 14 municípios, que utilizam a Rede Integrada de Transporte e também as linhas de ônibus não integradas.

 

A partir do resultado da pesquisa, a Comec espera conhecer o real número de passageiros transportados pela RIT, e assim definir o melhor modelo de licitação a fima de atender o usuário com maior qualidade. A pesquisa tem prazo de quatro meses, os três primeiro para a coleta de dados e o último para a tabulação dos resultados.

 

O secretário do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, explicou, no dia do lançamento da pesquisa, que o estudo trará mudanças ao transporte público metropolitano. “Além de estabelecer o real custo da passagem, a pesquisa poderá tornar o sistema mais eficiente, com melhorias de serviços à população, como mais opções de linhas de ônibus”, disse.

 

(Fonte: Bem Paraná)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!