Codau abre nova licitação para ETE Conquistinha

Informações repassadas pelo Centro Operacional de Desenvolvimento Saneamento de Uberaba (Codau) aponta que será publicado nesta sexta-feira (31) o edital para contratação de empresa visando a conclusão das obras da Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) Conquistinha, com fornecimento de materiais e equipamentos. Segundo a autarquia o valor estimado da concorrência é de R$ 5,4 milhões e este é o segundo edital para a obra que foi suspensa quando 60% das obras físicas estavam concluídas e 55% dos equipamentos adquiridos.

 

Presidente do Codau, Luiz Guaritá Neto, explica que a primeira empresa, Comar Engenharia, não conseguiu finalizar a obra por falta de capital de giro e apresentou a desistência do contrato. De acordo com Luiz Neto, foi preciso vencer um longo caminho burocrático, para obter autorização para esta nova licitação, por parte da Caixa Econômica Federal, a operadora do empréstimo. “O montante financiado é de R$12 milhões, verba do PAC (recursos FGTS), sendo 87,5% originários do governo federal e 12,5% são recursos próprios do Codau, em forma de contrapartida. Vencidos os entraves, já é possível licitar novamente o restante das obras e finalizar o projeto. A nossa preocupação agora incentivar a participação neste novo certame de empresas que comprovem capacidade técnica e que já tenham executado obras similares. Uberaba precisa desta estação em funcionamento”, argumentou.

 

Conforme dados do Codau, a abertura do certame foi marcada para o dia 15 de setembro, porém os interessados em adquirir cópia do edital e seus anexos, poderão retirá-los a partir de segunda-feira, dia 3 de agosto, na sede administrativa da autarquia ou pelo site www.codau.com.br.

 

Ainda segundo o Codau a empresa vencedora deverá complementar construções, montar e revisar equipamentos já adquiridos, além de instalar outros e realizar o período de operação assistida. Edital prevê que o prazo para entrega da obra é de nove meses, incluindo prazos para eventuais correções, recebimento do objeto e finalização do contrato.

 

Obras – Codau informou também que neste sábado (1º) serão realizadas intervenções na rede de esgoto na área central e o trânsito será modificado. No período da manhã, a Rua Afonso Rato será interditada para trânsito, entre a Rua Jaime Bilharinho e a Rua José Furtado Nunes. O objetivo é realizar os trabalhos até às 13h. Já na parte da tarde, a Rua Tristão de Castro será interditada, no trecho entre a Praça Rui Barbosa e a Travessa Domingos Paraíso (quarteirão ao lado da Catedral Metropolitana).

 

Autarquia orienta que os motoristas que estiverem na Rua Coronel Manoel Borges e desejarem alcançar a Rua Tristão de Castro, após o trecho interditado, devem continuar pela Manoel Borges, seguindo pela Rua Vigário Silva até a Rua Carlos Rodrigues da Cunha (antiga mão inglesa), virando nesta via à direita e dali chegar à Rua Tristão de Castro. Já os condutores que estiverem na Rua Santo Antônio (Hospital São José) devem seguir até a Rua Major Eustáquio, descer para a Rua Manoel Borges e seguir o mesmo trajeto.

 

Segundo o Codau, os usuários do transporte coletivo devem ficar atentos aos pontos que deixam de ser embarque e desembarque de passageiros por estarem no trajeto da obra. Na Rua Afonso Rato, o ponto próximo ao número 520 e o da esquina desta rua com a Coronel Manoel Borges estarão inativos durante os trabalhos. Todas as linhas que trafegam neste trecho serão deslocadas para a Av. Leopoldino de Oliveira, retornando os seus itinerários normais a partir da Rua Senador Pena. No trecho de obra da Tristão de Castro não haverá supressão de pontos de paradas dos ônibus do transporte coletivo. (DC)

 

(Fonte: Jornal de Uberaba)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!