Casan investe R$ 1,2 bilhão em esgotamento sanitário

Com o abastecimento de água praticamente universalizado em sua área de atendimento, a Casan investe na ampliação da rede de coleta e tratamento de esgoto

 

O plano de investimentos para o período 2014-2017, com financiamentos garantidos de R$ 1,2 bilhão para esgotamento sanitário, é passar dos atuais 18% para 45% de cobertura de coleta e tratamento.

 

Faz parte desse esforço, investimento de 100 milhões de euros (aproximadamente R$ 270 milhões) contratados junto à Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) para desenvolvimento do Programa de Saneamento Ambiental de Cidades de Médio Porte de Santa Catarina.

 

O plano envolve implantação e ampliação da rede de esgotamento em Braço do Norte, Canoinhas, Santo Amaro da Imperatriz, Garopaba, Curitibanos, Indaial, Ibirama, Piratuba, Chapecó, Videira, Caçador, Taió, Ituporanga e Otacílio Costa.

Com recursos de R$ 404 milhões contratados junto à Agência Internacional de Cooperação Japonesa (JICA), a Casan desenvolve também o Programa de Saneamento Ambiental de Santa Catarina, que beneficia Balneário Piçarras, Balneário Barra do Sul, Bombinhas e Florianópolis.

 

Outros projetos contemplam diferentes regiões e estão na fase de obras ou licitação. No Oeste, serão implantados sistemas em Concórdia, Caçador, Piratuba, Videira, Abelardo Luz, Coronel Freitas, Dionísio Cerqueira, Princesa, Erval Velho, Maravilha, São Domingos, Ouro Verde e Xaxim. Na área de abrangência Sul/Serra, estão em andamento ampliações em Laguna e Criciúma, além de projetos em elaboração para Forquilhinhas, Lauro Muller, Siderópolis, Turvo, Gravatal e São Joaquim.

 

No Norte, há obras de ampliação em Indaial e Araquari.O esgotamento sanitário também será implantado em Ascurra, Ibirama, Curitibanos, Doutor Pedrinho, Bela Vista do Toldo, Rio do Sul, Taió e Ituporanga.

 

Grande Florianópolis

Na região da Grande Florianópolis, sistemas de esgoto estão em implantação em São José, Santo Amaro da Imperatriz, Biguaçu e em diversos bairros da Capital.

 

Em São José, estão contemplados os bairros Jardim Cidade de Florianópolis, Barreiros, Praia Comprida e Floresta. Para atender Biguaçu, está em andamento o processo de licitação da primeira etapa do esgotamento sanitário.

 

Na Capital, a meta é ampliar a cobertura dos atuais 55% para 75% até 2016. Na área continental, o sistema de esgoto dos bairros Abraão, Capoeiras, Vila Aparecida e Monte Cristo está sendo implantado.

 

Na Ilha, no Morro da Cruz, está em andamento, com a maior parte concluída, uma obra de cerca de R$ 14 milhões para o abastecimento de água e coleta de esgoto. Na Bacia do Itacorubi, a ampliação do sistema de esgotamento está recebendo investimento de R$ 22 milhões, atendendo os bairros do Itacorubi, Parque SãoJorge, Jardim Anchieta, Córrego Grande e Pantanal. Serão beneficiados mais de 25 mil moradores.

 

Há também projetos, alguns já em fase de obras, outros em licenciamento ambiental ou licitação, para Jurererê Tradicional, Monte Verde, João Paulo, Jurerê Tradicional, Praia Brava , Ingleses, Campeche, Pântano do Sul e Ribeirão da Ilha.Saiba Mais

 

Floripa se Liga na Rede

Em paralelo às obras, a Casan aposta em uma ação intensiva de fiscalização e eliminação de ligações irregulares de esgoto, por meio de convênio de cooperação técnico-financeira com a Prefeitura de Florianópolis, no programa Floripa se Liga na Rede.

 

O projeto prevê a vistoria de 40 mil pontos em Canasvieiras, Daniela, Cachoeira do Bom Jesus, Vargem Grande, Ingleses, Lagoa da Conceição, Barra da Lagoa e Rio Vermelho.

 

Novos investimentos

A Casan está em negociação com o Banco Alemão KFW para levar esgotamento sanitário também a pequenos municípios. Com investimento orçado em R$ 300 milhões, a meta é beneficiar as 100 menores cidades, elevando o índice de cobertura de Santa Catarina para 68%.

(FONTE: Governo do Estado de SC)

Aproveite todas as licitações públicas em um só lugar!